terça-feira, 28 de setembro de 2010

Abrindo a Janela com Tom






Mais uma participação especial e dessa vez é o querido Tom, Sommelier do Restaurante La Casserole há 8 anos. Ele além de ser um super profissional, é muito prestativo, mandei a entrevista para ele e no mesmo dia já tinha respondido tudo, um amor de pessoa! Aqui está um pouquinho de um dos mais respeitados Sommelier de São Paulo.

Nome:
SEBASTIÃO MARTINS DE FARIAS FILHO

Lugares em que já trabalhou:
NÃO ESTÃO LIGADOS AO VINHO ANTERIORMENTE

Há quano tempo está no La Casserrole?
 EXATAMENTE HÁ OITO ANOS

O que se deve fazer para se tornar um sommelier?
LITERALMENTE GOSTAR MUITO DE SÊ-LO, AMAR O FATO DE POSSIBILITAR PRAZER A ALGUÉM QUE ESTIVER NUMA MESA DIANTE DE UMA REFEIÇÃO, SE ACHAR IMPORTANTE NA CONSTRUÇÃO DE UM GRANDE MOMENTO EM TORNO DA MESA, SER SINCERO, SE COLOCAR NO LUGAR DE QUEM IRÁ COMPRAR O VINHO E TENTAR VENDER REALMENTE AQUILO QUE VOCÊ GOSTA, NÃO PODE SER INFLUENCIADO POR IMPORTADOR NENHUM, A NÃO SER PELA PROPOSTA DA CASA ONDE VOCÊ IRÁ TRABALHAR, NÃO DAR OPINIÃO SEM QUE SEJA SOLICITADA, NÃO SE ACHAR MELHOR DO QUE O CLIENTE EM FUNÇÃO DO VINHO ETC,ETC,

Como é o trabalho de um sommelier?
É UM MOMENTO MUITO ESPECIAL, POIS O CLIENTE TEM A SENSAÇÃO QUE IRÁ PRECISAR DE VOCÊ PARA TER UM GRANDE MOMENTO, É DEIXAR A PROPRIETÁRIA (NO MEU CASO ) FELIZ E CONTENTE COM A SUA INTEGRAÇÃO PARA COM A EMPRESA, É BUSCAR FORA DO RESTAURANTE NOVAS POSSIBILIDADES DE NEGÓCIOS, É SABER REPRESENTAR A CASA ONDE VOCÊ TRABALHA, É TRATAR A SUA EQUIPE COMO IMPORTANTE, É RESPEITAR A TODOS, É TRAZER PARA O RESTAURANTE TEMAS QUE ENVOLVAM OS CLIENTES E DIVIDIR COM ELES O PRAZER DA DESCOBERTA.


Hobbies:
PRATICO AO MÁXIMO AMAR ÀS MINHAS MULHERES OU SEJA, ESPOSA E FILHAS, POIS SÃO ABSOLUTAMENT E TUDO NA MINHA VIDA, ADORO ESTAR À MESA COM OS MEUS AMIGOS, AMO CAMINHAR MUITO E FAZER COOPER, MAS NO MOMENTO ESTOU UM POUCO SEM TEMPO PARA O ESPORTE.

Um vinho especial e porque?
O CHATEAU LA GRAVE DA IMPORTADORA DE LA CROIX SAFRA 2005, DA REGIÃO DE FRONSAC, PERCEBE-SE CLARAMENTE O QUÃO EXISTE DE AMEIXAS MADURAS NA COMPOSIÇÃO DE UVAS MERLOT QUE HÁ NESTE VINHO ALEM DOS CABERNET FRANC.

Um bom vinho por menos de R$50,00:
POR R$ 59,00 o VINHO MARIA MANSA DA QUINTA DO NOVAL SAFRA 2004 de TOURIGA NACIONAL, T.FRANCA, T. RORIZ

Dica para quem está entrando para o mundo dos vinhos:
SE ACHAR CAPAZ ANTES DE MAIS NADA, NÃO SE DEIXAR LEVAR SÓ PELO FATO DE ESTAR NA MODA. ANTES DE QUERER SER UM CAMPEÃO PAULISTA, DO BAIRRO, NACIONAL OU SEJA LÁ O QUE FOR, DEVERÁ SE PREOCUPAR MAIS EM SER CULTO, ESTUDAR OUTRO IDIOMA, LER DE TUDO, PROCURAR AMAR ALGUÉM, TENTAR MOSTRAR O QUANTO O VINHO LHE ENCANTA E EMOCIONA E USAR O VINHO COMO ALGO QUE AGREGA, QUE CONCILIA, QUE SOCIALIZA ETC.

Vinho é...
O VERDADEIRO ATO DE INSPIRAR, DE SORVER, DE RESPIRAR E DE SENTIR-SE VIVO


Tom, muito obrigada!

Depois de muitos copos...a Ressaca!

Para começar esse post..um trailer do filme "Se beber não case", quem não viu, alugue, é de chorar de rir!




Muitas pessoas já viveram a experiência do dia seguinte de uma bebedeira...a ressaca! Alguns lembram do que aconteceu na noite anterior e outros, nada, amnésia total! Aí é aquela sensação de estar "podre", dor de cabeça, tontura, náuseas ( isso se não foi para o hospital), fora o sentimento de culpa por ter extrapolado.


A ressaca é  um tipo de crise de abstinência. Como qualquer outra bebida ou alimento, o álcool é metabolizado e distribuído pela corrente sangüínea para todas as células do corpo. A sensação de embriaguez e relaxamento ocorre quando ele chega ao cérebro. É o momento da intoxicação. O corpo faz um grande esforço para dar conta das doses excessivas. Quem mais trabalha é o fígado (coitado), que precisa produzir enzimas para absorvê-lo, transformá-lo em gordura e secretá-lo pela bile. Quando o trabalho acaba, o fígado quer mais e entra numa espécie de depressão, desorganizando todo o metabolismo. O sistema nervoso, que também foi acelerado, tem uma reação parecida. O resultado é uma queda da força muscular, dor de cabeça, enjôo, diarréia, sensibilidade à luz e um cansaço enorme.



Agora para combater a ressaca a melhor coisa é água, muita água! Antes, durante e depois de beber. Sucos de frutas também são ótimos remédios, pois contém vitaminas e sais minerais que foram perdidos pelo álcool. Se puder, descanse, faça o que o seu corpo pede: durma, fique no escuro, sem fazer nada....agora se tiver que trabalhar no dia seguinte....good luck, rs!
Outra dica é a alimentação, carboidratos e proteínas antes de beber ajudam na digestão e assim o organismo não se dedica apenas em absorver o álcool! Depois da bebedeira recomenda-se comidinhas leves, já que o estômago e o fígado foram sacrificados pelo álcool, uma saladinha e sopinha são as melhores opções.







Olha essa lembrancinha de casamneto: kit ressaca!

Exagerar uma vez ou outra, sem problemas, mas o mais importante é ter responsabilidade e consciência de seus limites, porque isso pode se tornar um hábito e gerar problemas sérios, como dependência e doenças!


"O primeiro copo é bom para a saúde; o segundo é bom para o prazer; o terceiro é bom para a vergonha e o quarto é bom para a loucura." (Anasarca)

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Jovens e Vinho...uma Pesquisa!!!

Há um tempo atrás realizei uma pesquisa com meus amigos, mandei um email para 30 pessoas entre 25 e 35 anos e fiz duas perguntinhas:

1) Quando pensa em um vinho qual o nome e por que?
2) O que deve ser feito para incentivar os jovens a consumirem vinhos?

Não sou nenhum membro de empresas de pesquisa e isso não é nehum trabalho de faculdade, mas foi interessante ler as respostas, as pessoas foram super cooperativas e vou tentar mostrar o que os jovens pensam sobre os vinhos.

Apenas 10 pessoas disseram nomes de vinhos, são eles: vinhos da Conha y Toro, Terrazas , Santa Helena, Montes Alpha,Bruello di Montepulciano, Alvarinho e Catena, ganhou o Novo Mundo!
Um fato interessante é que a maioria das pessoas ou não tinham um vinho específico ou escolhiam aleatoriamente, seja pela uva ou pelo preço.

A segunda pergunta foi quase que unânime....para icentivar os jovens a consumirem vinhos basta o vinho ter um bom custo-benefício, ou seja, não machucar o bolso de ninguém, além das "baladas" oferecerem a bebida e não só cerveja e uísque.
A maioria das pessoas que bebem vinho, bebem em casa, com a namorada (o) ou mulher/marido ou com amigos, nos bares...somente cerveja e chopp, claro!

Uma outra coisa que notei foi que as pessoas que falaram de vinhos do Velho Mundo relacionava o vinho a família, por exemplo: " penso no Brunello, porque meu pai ama, e já bebo com ele".

Assim, acho que os jovens gostam de vinhos, tem vontade de aprender e consumir, mas pelo fato de ser uma bebida considerada de elite, cara, vão para a cervejinha básica! Mas o bom foi saber do interesse que eles tem pelo vinho e a vontade de aprender e consumir!!!

O que acharam??? Espero que tenham gostado!
Bjs

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Vinhos Libaneses!

França, Itália, Portugal, Espanha, Chile, Argentina...todos sabem que esses países produzem vinhos, mas existem países que são desconhecidos por seus vinhos, um exemplo é o Libano!
A História diz que a origem do vinho pode estar no Líbano e em outros países como Síria e Jordânia, pois lá foram encontradas sementes de vinhos datadas de 8.000 a.C. Os fenícios, antigos habitantes do Líbano, tiveram um papel importante da propagação da cultura do vinho bem como a sua comercialização pela Europa, isso há muito tempo atrás, em 2600 a.C aproximadamente!!! Ou seja, apesar de ser pouco conhecido, o vinho Libanês tem muita importância no mundo do vinho. Na cidade de Baalbak, localizada no Vale do Bekaa (região produtora de vinhos) encontra-se o templo de Baco (Deus do Vinho)!




Há 15 anos atrás o Líbano tinha somente 4 vínicolas, entre elas a Chateau Kefraya! Hoje o país possui 33 vinícolas, a maioria delas com grande influência da cultura francesa.
 A Chateau Kefraya é considerada a vinícola mais importante do Líbano, 25% da produção de vinhos do país vem dessa vinícola e possui 200 hectares de vinhedos próprios, para o tamanhinho do Líbano é uma área enorme, rs!
Para acompanhar esses vinhos?? Muita esfiha, baba ghanoush, hummus, ou seja...comidinhas árabes!

Alguns vinhos da vinícola Chateau Kefraya:

La Dame Branche

Les Bretéches

E o Top do Top....


Chateau Kefraya

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Vinho Verde



Vamos a Portugal... e nada melhor do que falar sobre o Vinho Verde, que pode ser branco ou tinto, mas devido à sua alta acidez pode ser considerado como uma categoria a parte entre os vinhos.
É  um vinho produzido exclusivamente na Região Demarcada dos Vinhos Verdes, localizada no Noroeste de Portugal, mais conhecida como região Entre-Douro-e Minho, que constitui desde 1908 a denominação de origem controlada - DOC (um certificado por cumprir a legislação do país para a produção de certos produtos).
 Dizem que os primeiros vinhos portugueses a serem apreciados pela Europa foram os Verdes. O nome é uma referência à cor da uva e à fase prematura em que eram colhidas. Em 1946 a legislação portuguesa dividia seus vinhos entre verdes e maduros. Hoje, é uma região vinícola moderna, com uvas de alta qualidade e que atingem o ponto de maturação ideal, mas o pessoal da região do Vinho Verde ainda chamam os outros vinhos de "vinhos maduros"
Os mais cobiçados são os vinhos brancos que são feitos com a uva Alvarinho.
Um vinho não muito conhecido aqui no Brasil, mas que vale a pena experimentar!


Em Verde a Região do Vinho...Verde

                                                          


Vinho Morgadio da Torre Alvarinho



segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Comprar vinhos em Madrid

Selecionei dois ótimos lugares para fazer comprinhas de vinho em Madri. A primeiro é o famoso "El Corte Inglés", a cada lugar que você olha na Espanha tem um  El Corte Inglés...! É uma típica loja de departamento que normalmente no piso de baixo encontra-se a sessão de vinhos...tem de tudo por lá, dos mais baratos aos mais raros! Fora que além dos vinhos tem coisas para casa, roupas femininas, masculinas, infantil e um ótimo restaurante!!!


Perceberam que não tirei nenhuma fotinho, né? Mas essas dão uma noção do tamanho da lojinha....

O segundo lugar para se comprar vinho é a Lavinia, uma loja francesa que está localizada na Oscar Freire de Madri, vamos dizer assim, os preços são mais caros, mas vale a pena conhecer a loja, pois é linda...eles oferecem degustação de vinhos, tem um restaurante na parte de cima e uma salinha fechada, que só pode ser aberta pelo gerente da loja, com ar condicionado de congelar com os vinhos tops. Se quiserem montar uma adega para sua casa da Europa...essa loja projeta e constrói para você, nada mal, né!! Rs....


Bom...para quem for a Madri...fica a dica!
Bjs

sábado, 18 de setembro de 2010

ESPANHA!!!!


Voltei de férias!!! Após 20 dias fora do país o blog volta com tudo!!!
Para essa volta nada melhor do que falar sobre as experiências com vinhos nos países que visitei: Espanha e Portugal!
O que mais me impressionou foram os preços, são muitoooo baratos, uma garrafa de um bom vinho custa 15 Euros, enquanto que aqui no Brasil não pagamos menos que R$50,00!

A Espanha possui inúmeros vinhedos e seus vinhos são classificados em:

- Vino de mesa - vinho inferior, cuja produção pode ser feita em qualquer região do país, e que não se enquadra na categoria Denominación de Origen (D.O.).

- Vino de la Tierra - vinho de mesa um pouco mais diferenciado, produzido em região vinícola tradicional do país (Andalucía, Castilla-La Mancha, etc.), e que não se enquadra na categoria D.O.

- Vino de Denominación de Origen (D.O.) - vinho de qualidade, produzido em região delimitada e sujeito a severas regras que regulam as características do solo, os tipos de uvas utilizadas, o método de vinificação, o teor alcoólico, o tempo de envelhecimento, etc. equivale a AOC francesa e à DOC italiana.

O vinho ícone da Espanha é o Vega Sicilia Reserva Especial, da vinícola Vega Sicilia. E a uva símbolo chama-se Tempranillo.

 Uma das principais regiões vinícolas da Espanha é a Rioja, localizada ao norte do país e fizemos uma vistinha a vinícola Rioja Alta S.A.


Olha os barris de vinho...meu pai e minha irmã Roberta na vinícola, lindos não??

Bom...no próximo eu falo um pouquinho de Portugal!
Epero que tenham gostado e que tenham sentido saudades do blog, rs!

Bjs
Silvia


sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Direto da Espanha....

Depois de um tempinho fora do ar...aqui estou eu, direto de Madri!!!


Momento cultural....estão vendo este quadro aí em cima? Bom, vi hoje esse quadro no Museu Del Prado e chama-se o Triunfo de Baco, de 1629, Baco na miotologia é o Deus do vinho! Quem pintou foi Diego Velázquez, representando o Deus do Vinho (ao centro) e um grupo de bêbados, foi o primeiro quadro do pintor com tema mitológico. Esse quadro provavelmente foi inspirado por Caravaggio que possui algumas pinturas de Baco! Só que terei que ir a Roma fazer um post sobre este artista, pois esta obra dele encontra-se lá...rs!
Velázquez foi pintor da corte do Rei Filipe IV, da Espanha. O seu quadro mais famoso é o "Las Niñas" (As meninas) em que ele mesmo aparece na tela. Picasso era grande admirador de Velázquez e reproduziu, a sua maneira várias obras dele. Olha só:

Las Niñas de Velázquez (que está a esquerda)


Las Niñas de Picasso

Espero que tenham gostado!!!
Bjs e bom feriado
Silvia