terça-feira, 28 de setembro de 2010

Depois de muitos copos...a Ressaca!

Para começar esse post..um trailer do filme "Se beber não case", quem não viu, alugue, é de chorar de rir!




Muitas pessoas já viveram a experiência do dia seguinte de uma bebedeira...a ressaca! Alguns lembram do que aconteceu na noite anterior e outros, nada, amnésia total! Aí é aquela sensação de estar "podre", dor de cabeça, tontura, náuseas ( isso se não foi para o hospital), fora o sentimento de culpa por ter extrapolado.


A ressaca é  um tipo de crise de abstinência. Como qualquer outra bebida ou alimento, o álcool é metabolizado e distribuído pela corrente sangüínea para todas as células do corpo. A sensação de embriaguez e relaxamento ocorre quando ele chega ao cérebro. É o momento da intoxicação. O corpo faz um grande esforço para dar conta das doses excessivas. Quem mais trabalha é o fígado (coitado), que precisa produzir enzimas para absorvê-lo, transformá-lo em gordura e secretá-lo pela bile. Quando o trabalho acaba, o fígado quer mais e entra numa espécie de depressão, desorganizando todo o metabolismo. O sistema nervoso, que também foi acelerado, tem uma reação parecida. O resultado é uma queda da força muscular, dor de cabeça, enjôo, diarréia, sensibilidade à luz e um cansaço enorme.



Agora para combater a ressaca a melhor coisa é água, muita água! Antes, durante e depois de beber. Sucos de frutas também são ótimos remédios, pois contém vitaminas e sais minerais que foram perdidos pelo álcool. Se puder, descanse, faça o que o seu corpo pede: durma, fique no escuro, sem fazer nada....agora se tiver que trabalhar no dia seguinte....good luck, rs!
Outra dica é a alimentação, carboidratos e proteínas antes de beber ajudam na digestão e assim o organismo não se dedica apenas em absorver o álcool! Depois da bebedeira recomenda-se comidinhas leves, já que o estômago e o fígado foram sacrificados pelo álcool, uma saladinha e sopinha são as melhores opções.







Olha essa lembrancinha de casamneto: kit ressaca!

Exagerar uma vez ou outra, sem problemas, mas o mais importante é ter responsabilidade e consciência de seus limites, porque isso pode se tornar um hábito e gerar problemas sérios, como dependência e doenças!


"O primeiro copo é bom para a saúde; o segundo é bom para o prazer; o terceiro é bom para a vergonha e o quarto é bom para a loucura." (Anasarca)

Nenhum comentário:

Postar um comentário