segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Como trazer vinhos do exterior?


Quando viajamos sempre temos aquelas garrafinhas de vinho que queremos levar para casa, tem pessoas que trariam uma adega inteira...mas nem tudo é possível!
Cada pessoa pode trazer no máximo 12 garrafas e como não podemos mais carregar líquidos na mala de mão, somos obigados a despachar, com excessão do duty free, que recebemos as garrafas no embarque, mas só é permitido 3 garrafas.
A melhor maneira é quando você for comprar o vinho pedir para colocar as garrafas em uma caixa bem reforçada para o avião, elas tem que ficar firmes, sem balançar...para assim não correr o risco de quebrar. Tem gente que coloca dentro da mala, embrulha as garrafas na roupa suja, eu não arriscaria, rs! O bom mesmo é trazer na caixa e colocar TODOS os seus dados na caixa e escrever FRÁGIL por toda a parte.
Trouxe de Lisboa 6 garrafas de vinho para meu pai, clarooo! Chegaram intactas...só quando passei pela polícia federal me perguntaram o que era a caixa e se eram garrafas artesanais, não industrializadas, mas eu sou um caso a parte, pois sempre sou parada em imigração, alfândega, não tenho muita sorte com essas autoridades, mas deu tudo certo!
O valor é o mesmo U$500,00 por pessoa!



E mais... a altitude e o ar rarefeito potencializam o efeito do álcool, duas vezes mais do que em terra firme!

Bjs

2 comentários:

  1. Oi Silvia,
    Eu tenho uma dica... Já trouxe 22 garrafas da França e agora recentemente 17 da Espanha. O que faço sempre é levar aquelas "redinhas" que protegem frutas como pessego e outras mais delicadas. Coloco 2 por garrafa para que uma nçao bata na outra. Em alguns casos uma roupa no meio e tranquilo. Só outra observação, o melhor que a mala seja daquelas rigidas.
    Abraço,
    Evandro
    Confraria2panas

    ResponderExcluir
  2. Adorei a ilustração. Bjs Vovó

    ResponderExcluir