quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

A taxa das Rolhas nos Restaurantes!


Levar ou não sua própria garrafa de vinho ao restaurante? Essa é uma questão que gera muita polêmica no mundo do vinho. De um lado temos os restaurantes, que possuem sua própria carta de vinhos e do outro os consumidores, uns tem aquele vinho especial da adega que deseja consumir em algum restaurante, outros preferem levar sua própria garrafa pelo preço, pois em alguns restaurantes o vinho pode ser bem mais caro.
Muitos restaurantes e bares cobram de seus clientes a taxa da rolha para poderem levar o vinho ao restaurante, há estabelecimentos que cobram até R$100,00 a rolha, mas há também aqueles que não cobram nada.
Realmente o assunto é polêmico, pois os restaurantes não podem perder a venda de seus próprios vinhos, mas por outro lado o cliente tem o direito de beber o vinho que comprou em outro lugar que não seja sua casa, de amigos, etc... e mais..e se o tal vinho que a pessoa quer levar não tem na carta do restaurante???
O restaurante Nakombi, por exemplo, cobra R$38,00 a rolha, mas o cliente ganha uma garrafa da casa de "presente", uma estratégia que o cliente compra indiretamente seu vinho e o faz voltar para o restaurante! Mas caso como esses são raros. Há também restaurantes que permitem levar sua garrafa e não cobram taxa alguma desde que consumam algum vinho da carta e há estabelecimentos que não deixam de forma alguma a pessoa levar a sua própria garrafa...aí já é demais!!!!



Uma boa maneira para as pessoas que querem levar o seu vinho para o restaurante é ligar para o restaurante e se informar, se cobra a rolha, o valor, se há o vinho na carta, quanto custa...para assim não haver surpresas desagradáveis em um momento em que o intiuito é se divertir, descontrair...outra coisa que acho importante é a questão da etiqueta...levar um, no máximo dois vinhos ao restaurante...chegar lá com um sacolão de garrafas aí sim fica feio, rs! Se levar uma garrafa, independente do restaurante/bar cobrar ou não a rolha acho de boa fé dar uma gorjeta extra ao sommelier...



Para os restaurantes temos algumas soluções:
  • cobrar uma taxa adequada pela rolha,
  • cobrar rolha para os vinhos que o restaurante possui na carta,
  •  promover um dia por mês ou por semana sem taxa de rolha


Alguns restaurantes de São Paulo com o preço das rolhas:


Pobre Juan - R$33,00
Dressing - R$35,00
Forneria San Paolo - R$36,00
Chef Rouge, ICI Bistrô, La Frontera, La Pasta Gialla, Piselli, Vinheria Percussi e Zena Caffè - R$40,00
Arturito  Barbacoa, Cantaloup,  Empório Ravioli, Eñe, Esch Café, Fogo de Chão, Kaá, La Casserole, La Cocagne, Maní, Paris 6, Praça São Lourenço - R$42,00
Carlota - R$55,00
Antiquarius - R$60,00
A Bela Sintra, Eau, Grand Caffè, Kinu - R$70,00
Don Curro, Vicolo Nostro - R$80,00
Fasano, Pomodori e Vino! - R$ 100,00 (detalhe- o Vino tem uma adega enorme)


Como disse, um assunto polêmico! E vocês o que acham, qual a sua opinião???

3 comentários:

  1. Na minha opinião a taxa de rolha tem que ser mínima, R$10,00 a R$20,00 UNICAMENTE PARA COBRIR CUSTOS, que são poucos (seguro da taça, limpeza, posterior, serviço adicional do garçom, etc.). Se os restaurantes querem vender mais os seus vinhos, façam uma carta com preços honestos e justos.

    ResponderExcluir
  2. Silvinha,


    Matéria excelente. O modo de proceder é esse mesmo. Tem que ligar antes. Se a rolha for cara demais, é melhor procurar outro local. Não adianta brigar. A lista que você fez é muito útil.

    Valeu!

    Jeriel

    ResponderExcluir
  3. Somos um clube de vinhos e nossos associados não pagam rolha nos restaurantes que aderiram ao nosso programa saca-rolhas. Vocês podem conferir uma lista dos restaurantes associados em nossa revista do mês: sociedadedamesa.com.br/informativos/95

    ResponderExcluir