sábado, 30 de abril de 2011

Dica de Restaurante: Tre Bicchieri


 
Se deu aquela vontade de ir a um bom restaurante e comer bem dou a dica de um retaurante que fui e adorei: o Tre Bicchieri, que significa três copos em italiano!
Cid Simão, ex gerente do Nonno Rugero, Marcos Freitas, ex sommelier do Gero, e o chef  Rodrigo Queiroz, também do Gero, estão a frente do restaurante que homenageia a região da Toscana, na Itália!  No cardápio há opções para todos os gostos, as sopas são preparadas com ingredietes típicos da região,  as massas são MARAVILHOSAS, feitas artesanalmente pelo chef...eu provei o espagute com frutos do mar, uma delícia, mas na mesa em que eu estava o Papardelle al ragù de coniglio ( pasta à carne de coelho, perfumada por pimenta verde e endívias) fez sucesso! Além desses pratos de dar água na boca o menu oferece risotos, carnes assadas em fogo a lenha, etc.


Papardelle al ragù de coniglio

A carta de vinhos é bem variada, com 250 rótulo, mais da metade proveniente da Toscana, clarooo, a carta divide os Chiantis, os Montepulcianos, os Brunellos e os Supertoscanos.
A tradicional pastiera de Grano foi obrigatória na sobremesa (já que estávamos com um querido italiano à mesa), mas no time dos doces também estão: trio de creme brulée (inclusive o de pistache), tiramisù, babà al profumo d’arancia ( massa de pão-de-ló embebida em molho de rum e laranja), panacotta, etc.


Pastiera de grano..hummm!

Os pratos custam em média entre R$50,00 a R$80,00 e as sobremesas na média de R$20,00.
Ambiente aconchegante, serviço impecável, para ir com a família, amigos, namorado(a), esposa, etc.

Fica a dica!
Bjs

sexta-feira, 29 de abril de 2011

SE BEBER NÃO DIRIJA!

Recebi esse vídeo por email, adorei...a idéia é genial!!!
Confiram:



Gostaram??
Bjs e bom final de semana a todos!!

FINALMENTE O VINHO DO CASAMENTO REAL!!


Genteee,
Que coisa mais linda que foi o casamento real inglês!!!! Noiva maravilhosa, vestido lindo, casal apaixonado e nada de extravagâncias! Tudo perfeito!!!
Agora finalmente foi divulgado o vinho que será servido daqui a pouquinho na recepção dos convidados no palácio de Buckingham. Os noivos escolheram o vinho branco inglês Chapel Down, produzido em Tenterden, Kent...o preço do vinho?? Menos de 10 Euros!!!



Para quem não viu...aqui está o vídeo do casório!!!



bjs

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Degustação com 7 safras do Herdade do Esporão



Ontem a Wine School realizou uma degustação vertical com 7 safras do vinho português Herdade do Esporão Reserva no Phillipe Bistrô!
As safras servidas foram 2008, 2007, 2006, 2005, 2004, 2003 e 2002. Com excessão da 2008, são vinhos que não estão mais no mercado no Brasil.
A Herdade do Esporão localiza-se na região no Alentejo, caracterizada por seus latifundíos, possui aproximadamente 1.000 hectares e localiza-se na planície, onde sofre insolação e com essa exposição ao sol os vinhos tornam-se mais alcoólicos, portanto os vinhos degustados tinham a característica de serem encorpados, potentes e concentrados, mas com as safras mais antigas deu para perceber que o vinho, mesmo que encorpado, eram mais leves, mais amansados, vamos assim dizer que os vinhos mais novos.
Não é todo vinho que tem a capacidade de envelhecer, para isso o vinho tem que ter bastante tanino, álcool e acidez e a não são todos os vinhos que podem ser guardados, por isso é besteira falar que quanto mais velho o vinho melhor, pois temos uma variedade enorme de ótimos vinhos que tem que ser tomados rápido...se guardar, vira vinagre para a salada, rs!



Fizemos uma enquete co o pessoa dos 2 vinhos que mais gostaram,  as safras ganhadoras foram: 2006 e 2003. O perdedor foi a safra de 2008, que após algum tempo servido mudou completamente...
Algumas fotinhos do evento:





Fernando e Maíra


Carol (leitora assídua do blog) e Angeles: essa dupla querida vai em todos os eventos da WS!!

Participação especial: minha irmã Roberta...apreciando os aromas do vinhos, rs!


Quem não foi....perdeu!!!
Bjs

terça-feira, 26 de abril de 2011

Mais um Luxo da Moet & Chandon



Como eu amooo as idéias da Moet & Chandon....essa então será objeto de desejo de todas as mulheres! Homens...preparem-se!!!
Em maio chegará ao Brasil a edição limitada "Tag Your Moet Rosé", um kit, todo rosa, que vem com uma garrafa de Moet Rosé Imperial, um par de taças flutês e uma caneta dourada....para a pessoa deixar um recadinho na garrafa! O preço R$500,00 e será vendido em lojas especializadas.
Uma ótima dica para o dia dos namorados, hein!!!??? Tudo bem que é só em junho...



HUMOR!!!



 





segunda-feira, 25 de abril de 2011

CHINESES QUEREM VINÍCOLAS FRANCESAS!!!



Nos últimos tempos, o vinho vem ganhando destaque entre os chineses, principalmente os europeus. No ano passado, a China foi a maior consumidora de vinhos da região de Boudeaux no mundo.Pequim já importa US$ 1 bilhão de vinhos por ano.
Mas para eles não basta apenas apreciarem os vinhos franceses, produto de luxo e sinal de status no país, agora eles querem as vinícolas, controlar a produção e garantir o abastecimento e algumas delas já foram até vendidas para os chineses como Chateau Viaud, Chateau de La Salle ,Chateau Richelieu e o famoso Chateau de Laulan, que foi comprado pela empresa de jóias Tesiro.


Richard Shen Dongjun que comprou a vinícola Chateau Laulan

Os franceses estão preocupados com esse "ataque chinês" e co isso, o governo anunciou leis que impedem a venda de determinadas terras para estrangeiros. Mesmo assim, os chineses investem forte em vinícolas francesas, oferecendo valores altíssimos por terras e mesmo quando não podem compra-las entram como sócios...muito espertos, rs!
A França quer, com a lei, proteger o patrimônio do país, onde várias vinícolas tem anos de existência e foram herdadas de geração para geração!! Mas...muitas dessas famílias acabam cedendo a tentação das ofertas chinesas por estarem com problemas financeiros.
Mas a China, para quem não sabe, também produz vinhos, nada comparado com a França, claro...são pequenas regiões que produzem pequenas quantidades. A maior parte dos vinhos é feita com uva produzida na China, a mais conhecida tem um nome curioso: olho de dragão e mais....muitos estrangeiros estão cultivando e investindo em vinhos na China...mas com o estilo europeu!!!


vinícola Huadong em Qingdao (Tsingtau)

Dizem por aí que até 2058, a China liderará a produção mundial, "com Cabernets capazes de concorrer com os de Bordeaux". Será???




Bjs

Imagem do dia!!!

Depois de 4 dias de folga....chega a segunda-feira!!!

Adorei esse coelhinho de ressaca!!!



Uma ótima semana a todos!!!!
Bjs

quinta-feira, 21 de abril de 2011

O Champagne do casamento de William & Kate


Genteee...
Lembra que fiz um post do casamento real e ainda não tinha sido divulgado o champagne que seria servido?? Pois bem, agora já podemos saber, pois saiu no site da revista decanter o champagne do casamento real:  Pol Roger, a preferida de Winston Churchill, que no 10° aniversário de sua morte criou a Cuvee Sir Winston Churchill!! Ele dizia “ In victory deserve it, in defeat need it”.



Agora vamos aguardar os vinhos do casamento...rs!
Bjs

quarta-feira, 20 de abril de 2011

FELIZ PÁSCOA!!

SEI QUE AINDA NÃO É PÁSCOA, MAS MUITOS VÃO VIJAR, ENTÃO DESEJO A TODOS UMA ÓTIMA PÁSCOA, COM MUITOS VINHOS (bebam moderadamente) e QUE O COELHINHO TRAGA MUITOS OVOS DE CHOCOLATES!!!

















Bjs

O MAIOR OVO DE PÁSCOA DO MUNDO!!!


Esse é o maior ovo de páscoa do mundo que foi feito na Bélgica em 2005. Com 8 metros de altura, 6 metros de diâmetro e pesando 1.9 toneladas. A empresa de chocolate belga precisou de apenas 8 dias e 6 funcionários para montar esse ovão...que além de ser imenso...era comestível!!!




Já no Brasil, a Nestlé produziu em parceria com a Rede de Supermercados Imperatriz, de Florienópolis, um ovo de páscoa artesanal de 6.450kg. Foram necessários 12 dias de trabalho para a produção do ovo. As mesmas empresas também fizeram um coelhão de chocolate  de quase 3 toneladas e com 3,4 metros...tanto o coelho como o ovo ficaram expostos em um shopping de Florienópolis, o coelho de chocolate  foi quebrado e doado para 8.705 crianças de 55 creches!!!


bjs

terça-feira, 19 de abril de 2011

MALBEC WORLD DAY


Dia 17 de abril  foi o dia de uma das uvas mais famosas do mundo do vinho: a malbec! A origem da malbec está em Bourdeaux (França), na região de Cahors e era chamada de "Cot" ou "Auxerrois". fala-se que o nome malbec teve origem a partir de um produtor húngaro chamado Malbeck que levava as uvas e plantas desta cepa para vendê-las em Bordeaux. O vinho produzido com essa uva era chamado também de "vinho preto de Cahors", graças a cor intensa que ela dá aos vinhos. Dizem que Pedro, o Grande, da época de Napoleão curou-se de uma úlcera no estômago bebendo tal vinho.... mas após a philoxera essa cepa foi perdendo espaço na região francesa.
Hoje, o principal país produtor de malbec é a Argentina, mais especificamente a região de Mendonça. A uva foi levada para a Argentina no séc. XIX e se adapatou melhor no país dos hermanos do que na região francesa...


Guilherme, Artur, Jose Maria, Suzana, Mario e Ricardo

Para comemorar o dia do malbec, Nova York, Londres, Mendonça e São Paulo foram as cidades anfitriãs da festa dessa uva. Em São Paulo, A Wines of Argentina, entidade responsável pela imagem do vinho argentino no mundo e que também instituiu a data comemorativa, realizou uma degustação com 6 super especialistas e críticos no restaurante Bar des Arts, cada um deles tinha em sua mesa seis garrafas de vinhos selecionados previamente onde os convidados provavam os vinhos e conheciam um pouco mais de cada um!!! As celebridades da noite foram: Artur de Azevedo, Guilherme Correia, Jose Maria Santana, Mário Telles Jr., Ricardo Castilho e querida Suzana Barelli (fotinho horrível acima, sorry...)


Finca Bella Vista e Nosostros: os que eu mais gostei!!

Para quem gosta de vinho encorpado, intenso...pode apostar no Malbec, segundo Guilherme Correia, os melhores estão nas altas regiões da Argenina, como Mendonza!
Enfim, mais uma noite de muita aprendizagem com pessoas queridas e, claro...com muitos vinhos!!
Bjs



Restaurante Brasileiro está entre os 10 Melhores do Mundo!!



A Revista britânica "Restaurant" divulgou ontem o ranking S. Pellegrino World's 50 Best Restaurants, um dos mais reconhecidos do mundo. Jornalistas, críticos de gastronomia, editores e comentaristas, 800 pessoas ao todo participaram da votação... e o brasileiro D.O.M ficou em sétimo lugar (ano passado alcançou o 18° lugar). O Fasano e o Maní também estão nessa lista, ocupando a 59° e 74° posição respectivamente.



Alex Atala tem 42 anos, já foi punk, DJ e com 18 anos resolveu ir para Europa, de mochila, claroo, lá pintou paredes na Bélgica e por sugestão de um amigo fez um curso de gastronômia e a partir daí não parou mais, trabalhou em restaurantes na Bélgica, França e Itália.
De volta a São Paulo, trabalhou no restaurante Sushi Pasta, porém o sucesso veio quando foi chamado para renovar o cardápio do extinto restaurante Filomena. Por esse trabalho foi eleito o Melhor Jovem Chef pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Diferenciados. Lá criou uma entrada de alho assado e outros grandes pratos, como manga grelhada com pimenta branca e molho de maracujá. Atala também trabalhou no restaurante 72, antes de inaugurar o Namesa, em 1999, restaurante que ainda serve comidas rápidas na região dos Jardins.


Restaurante D.O.M


Meses depois abriu o D.O.M. ( Deus é Ótimo e Máximo) com mais dois sócios e o sucesso foi total. Alex é um defensor da culinária regional, como expressa em seu livro Por uma Gastronomia Brasileira, e coloca a culinária amazônica, especificamente a paraense, como base de alguns de seus melhores pratos.

Em primeiro lugar ficou o restaurante dinamarquês Noma, do chef René Redzepi (fotinho abaixo)



Segue a lista dos 10 primeiros colocados:

1 - Noma (Dinamarca)

2 - El Celler de Can Roca (Espanha)
3 - Mugaritz (Espanha)
4 - Osteria Francescana (Itália)
5 - The Fat Duck (Reino Unido)
6 - Alinea (EUA)
7 - D.O.M. (Brasil)
8 - Arzak - Espanha
9 - Le Chateaubriand (França)
10 - Per Se (EUA)


Bjs

domingo, 17 de abril de 2011

Dica de Filme


Hoje domingão...ainda bem que essa semana é mais curta por causa do feriado,rs! Nada melhor para esse dia do que um bom filme!!!
Cópia Fiel é estrelado por Juliette Binoche (ganhou Palma de Ouro em Cannes de melhor atriz) e William Shimell.
Sinopse: James Miller (William Shimell) é um filósofo inglês que vai a uma pequena cidade da Toscana apresentar seu livro sobre o valor da cópia na arte. Chegando lá, encontra Elle (Juliete Binoche), uma francesa que é dona de uma galeria de arte há muitos anos, que vive com seu filho pré-adolescente (Adrian moore). Eles passam a tarde juntos. Ao mesmo tempo em que vão se conhecendo, começam a desenvolver um complexo jogo de interpretação de personagens.
Como vocêsviram, o filme não tem nada haver com vinho, mas tem uma cena especial, numa cantina italiana em que o vinho entra em cena...mas especificamente o vinho bouchonée, que é aquele estragado pela rolha!!!
Bom..já falei demais!!!
Confiram o trailer:




Fica a dica!
Bjs

sexta-feira, 15 de abril de 2011

HARMONIZAÇÃO: COMIDAS TRADICIONAIS DA PÁSCOA COM VINHOS (PARTE II)




Como prometido ontem....hoje mais uma delícia da páscoa: os chocolates, mais especificamente os ovos de chocolate!
O ovo de chocolate na páscoa surgiu a partir do séc. XVIII, em substituição aos ovos duros e pintados que serviam para presentear as pessoas na comemoração da chegada da primavera. Foi uma descoberta dos confeiteiros franceses que inventaram esse modo de apresentar o chocolate.



 Já o coelhinho da páscoa representa a fertilidade, já que ele se reproduz rapidamente e em grandes quantidades.  Entre os povos da antiguidade, a fertilidade era sinônimo de preservação da espécie e melhores condições de vida, numa época onde o índice de mortalidade era altíssimo. Mas o que a reprodução tem a ver com os significados religiosos da Páscoa? Tanto no significado judeu quanto no cristão, esta data relaciona-se com a esperança de uma vida nova.
Nessa época chocólatras e amantes do vinho podem se deliciar com os dois juntos! O chocolate deve acompanhar vinhos doces, de sobremesa e ter um grau de doçura igual ou superior ao chocolate. Os vinhos de sobremesa, geralmente tem uma maior graduação alcoólica que os outros vinhos, o que é bom para diluir o gostinho de cacau que fica na boca, nas papilas gustativas.
Algumas sugestões de vinhos para acompanhar os chocolates:


  • Linha Porto Offley  
  • Linha Porto Taylor´s (o rolls royce dos vinhos do Porto)
  • Linha Porto Ferreia
  • Linha Real Cia Velha - do Porto também, uma opção mais barata
  • M. Chapoutier Banyuls (Rhone-França)
  • Maury Mas Janeil J&F Lurton (França)
Como eu disse em um post sobre vinhos do Porto, esses vinhos são divididos em categorias, Ruby e Tawny, que também tem suas categorias...
Bom...agora é só esperar a páscoa chegar!!!



Bjs e bom final de semana

quinta-feira, 14 de abril de 2011

HARMONIZAÇÃO: COMIDAS TRADICIONAIS DA PÁSCOA COM VINHOS


Semana que vem teremos feriadão...a Páscoa e não poderia deixar de falar dos vinhos que combinam com os pratos típicos dessa data: bacalhau e chocolates!
Para quem pensa que o bacalhau nasceu em Portugal está enganado, ele veio da Noruega e Espanha, no tempo dos vikings. Nas longas viagens, eles secavam os peixes para durar mais e foram os bascos, na Espanha, que tiveram a idéia de salgar o pescado para preservar o alimento por mais tempo e facilitar o comércio. A partir de então, o bacalhau ganhou a aparência e sabor marcante que conhecemos. Já os portugueses, usavamo o pescado como alimentação principal nos navios durante a época dos descobrimentos, até tentaram salgar outros peixes para durarem mais, mas não deu certo, pois por ter um baixo teor de gordura, o bacalha tem seus nutrientes e sabor preservados durante o processo de salga e secagem. Assim, o bacalhau aportou no Brasil junto com os portugueses e foram eles que também trouxeram a tradição de comer bacalhau na páscoa. Na Idade Média, a Igreja católica obrigava seus fiéis a jejuar e excluir de suas dietas carnes quentes, assim o consumo do bacalhau, uma carne fria, era incentivado nesses dias de abstinência!



Depois da histórinha..vamos aos vinhos! Há uma longa discussão se devemos beber tintos ou brancos acompanhados do bacalhau, uma comida salgada e seca. Com isso, devemos prestar atenção no molho, molhos mais leves um branco chardonnay que passa por madeira é uma boa combinação, já os molhos mais pesados...vinhos tintos...uma ótima opção para acompanhar o bacalhau são os vinhos verdes com a uva Alvarinho, alíás os prtugueses da região do Douro e Alentejo são ótimas opções para harmonizar com bacalhau, selecionei alguns vinhos para vocês:

Sol del Sol (Chile)
Domaine Conté Reserva Chardonnay (Chile)
Quinta da Leda (Portugal/ Douro)
Quinta do Crasto (Portugal/ Douro)
Cartuxa (Portugal/ Alentejo)
Herdade do Aragones (Portugal/Alentejo)
Palácio da Brejoeira - Vinho verde (Portugal) - fotinho abaixo




Amanhã falo dos chocolates...soube agora que estou atrasada...hahahaha!!! Mas prometo que amanhã o blog estará recheado de chocolates e vinhos...claro!!
Bjs

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Dica de decoração!!

Essa é para a mulherada ou para os homens que compram vinhos e não sabem o que fazer com as caixas de madeira, darem essa idéia para suas esposas, namoradas, etc!!! Vi em um restaurante de São Paulo e achei a ideía fantástica, confiram:


Você pode aproveitar as caixas de vinho como vaso de flores...tem caixas que dá dó de jogar fora! Com isso, logo falei com a Sandra Bacchin do Bem Florido, que faz arranjos florais marvilhosos. No mesmo dia ela me enviou uma fotinhos com algumas idéias, olha só:




Colocar como centro de mesa...Adorei!!

Lindos, não?? Para quem quiser conhecer o trabalho da Sandra acessem o site http://www.bemflorido.com/

E mais... eu e a Sandra estamos armando uma surpresa para vocês...Aguardem!!

Bjs

Coppola contrata enólogo do Chateau Margaux


Parece que Fracis Ford Coppola, um dos maiores diretores de cinema parece que também quer se tornar um dos maiores produtores de vinho!!! O diretor anunciou a contratação do enólogo do famoso vinho Chateau Margaux Philippe Bascaules,  para cuidar de uma de suas vinícolas na Califórnia (Napa Valley).
O diretor da série O Poderoso Chefão anunciou ontem que comprou o nome do tradicional Inglenook, grupo californiano de mais de 50 anos de existência, e passará a usar a marca em algumas de suas propriedades em Rubicon e para tocar esse projeto o escolhido foi Phillippe!
Bascaules foi o diretor do Chateau Margaux durante 11 anos, para quem não sabe o Chateau Margaux é considerado um dos melhores vinhos do mundo e consequentemente um dos mais caros!!!

A vínicola


terça-feira, 12 de abril de 2011

VINHOS SEM ÁLCOOL



O vinho sem álcool começou a ser comercializado a cerca de 20 anos atrás. Essa bebida, apesar do nome, tem sim um pouquinho de álcool, mas muito pouco, em média 0,5%...a categoria sem álcool vai até 2% e a de baixo teor alcóolico vai de 2% a 5,5%. O grande desafio desses vinhos é manter as características do vinho, como aromas, propriedades medicinais. Muitos podem pensar que são sucos de uva, mas não são, pois são feitos pela fermentação normal da uva, portanto com álcool. A diferença é que finalizado o processo de fermentação, o vinho passa por um processo de desalcoolização, que não é nada fácil e nada barato. Leva à uma grande perda de volume inicial da bebida. Por exemplo, para se obter 1 litro de vinho tinto suave sem álcool são necessários 2,4 litros do vinho pronto, pois no momento da desalcoolização, além do álcool, perde água e outros componentes.
O álcool pode ser extraído do vinho através de vários métodos, como: pela diluição, pela fermentação parcial, via destilação a vácuo. Aqui, os componentes do vinho são desmembrados numa câmara de baixa pressão e temperatura ambiente. Os minerais, ácidos, fenóis, açúcares e vitaminas são preservados e a  maior parte do álcool é evaporada. Técnicas mais modernas, como a da osmose inversa, por exemplo, podem ajustar a concentração de ácidos ou de álcool nos vinhos e, dizem, resultam em melhores vinhos “sem álcool”.
Mas apesar dos aromas e outros componentes manterem as características do vinho é no sabor que está a diferença, claro...já que não há o álcool!!!




O vinho sem álcool foi elaborado por diversas razões: para aumentar o consumo de vinhos, para preceitos religiosos que proíbem a ingestão de álcool, para pessoas que não podem ingerir álcool devido à alguma doença como diabetes, doenças hepáticas e também pessoas que tomam medicamentos que exige restrição alcoólica.
Apesar do álcool ser um dos elementos mais importantes do vinhos, os sem álcool estão aí para serem experimentados e é uma maneira de nos livrarmos do bafômetro e se não pudermos ingerir álcool é um modo de substituir a taça nossa de cada dia..rs!!!
Alguns vinhos sem álcool:



La Dorni - produzido na Serra Gaúcha



O vinho espanhól Eminazero



Um Rosé português: "The lancers Rose Free"

Bjs