terça-feira, 12 de abril de 2011

VINHOS SEM ÁLCOOL



O vinho sem álcool começou a ser comercializado a cerca de 20 anos atrás. Essa bebida, apesar do nome, tem sim um pouquinho de álcool, mas muito pouco, em média 0,5%...a categoria sem álcool vai até 2% e a de baixo teor alcóolico vai de 2% a 5,5%. O grande desafio desses vinhos é manter as características do vinho, como aromas, propriedades medicinais. Muitos podem pensar que são sucos de uva, mas não são, pois são feitos pela fermentação normal da uva, portanto com álcool. A diferença é que finalizado o processo de fermentação, o vinho passa por um processo de desalcoolização, que não é nada fácil e nada barato. Leva à uma grande perda de volume inicial da bebida. Por exemplo, para se obter 1 litro de vinho tinto suave sem álcool são necessários 2,4 litros do vinho pronto, pois no momento da desalcoolização, além do álcool, perde água e outros componentes.
O álcool pode ser extraído do vinho através de vários métodos, como: pela diluição, pela fermentação parcial, via destilação a vácuo. Aqui, os componentes do vinho são desmembrados numa câmara de baixa pressão e temperatura ambiente. Os minerais, ácidos, fenóis, açúcares e vitaminas são preservados e a  maior parte do álcool é evaporada. Técnicas mais modernas, como a da osmose inversa, por exemplo, podem ajustar a concentração de ácidos ou de álcool nos vinhos e, dizem, resultam em melhores vinhos “sem álcool”.
Mas apesar dos aromas e outros componentes manterem as características do vinho é no sabor que está a diferença, claro...já que não há o álcool!!!




O vinho sem álcool foi elaborado por diversas razões: para aumentar o consumo de vinhos, para preceitos religiosos que proíbem a ingestão de álcool, para pessoas que não podem ingerir álcool devido à alguma doença como diabetes, doenças hepáticas e também pessoas que tomam medicamentos que exige restrição alcoólica.
Apesar do álcool ser um dos elementos mais importantes do vinhos, os sem álcool estão aí para serem experimentados e é uma maneira de nos livrarmos do bafômetro e se não pudermos ingerir álcool é um modo de substituir a taça nossa de cada dia..rs!!!
Alguns vinhos sem álcool:



La Dorni - produzido na Serra Gaúcha



O vinho espanhól Eminazero



Um Rosé português: "The lancers Rose Free"

Bjs

2 comentários: