quarta-feira, 30 de maio de 2012

OS 10 VINHOS MAIS FAMOSOS DO MUNDO!!!




Todo amante do vinho tem aquela garrafa dos sonhos, que um dia já experimentou e lembra do aroma e paladar até hoje ou uma que almeja ter!!! 
Lendo sites de vinhos do mundo todo,  procurei os 10 vinhos mais famosos e encontrei uma seleção de vinhos de respeito, vamos assim dizer...são amados por um lado por serem tão bons, mas odiados também por serem tão caros, claro... não é a toa que estão entre os mais famosos do mundo!!!!
A maioria dos vinhos desta lista provém da França...óbvioooo!!! Outros do Novo Mundo....
Confiram:



1- Domaine de la Romanee-Conti: Chamado também de RDC, recebe o nome de seu vinhedo mais famodo, o Romanée Conti. É um vinho da Borgonha feito com a uva Pinot Noir. O blog já falou desse vinho, para ver clique AQUI!



2- Chateau Margaux: Esse vinho é o top do top da região de Bourdeaux, está no grupo dos Grand Crú Premier Classé (apenas cinco vinhos estão nessa classificação). Na adega de qualquer colecionador de vinhos não pode faltar dois vinhos: Domaine de La Romanee-Conti e Chateau Margeuax. As uvas desse requintado vinho são Cabernet Sauvignon, Merlot, Petit Verdot e Cabernet Franc!!
Dizem que foi a garrafa mais cara já quebrada...isso mesmo um garçom do Restaurante Four Season de NY esbarrou com a bandeja em William Sokolin, que estava segurando uma garrafa de Chateau Margaux 1787 que valia U$500.000,00 e até as iniciais de Thomas Jefferson tinha....que estrago!!! Mas William foi segurad por U$225.000,00 e o nunca mais ouviu-se falar do coitado do garçom.





3- Chateau Petrus: Esse vinho é produzido em uma propriedade de 11,5 hectares, localizada em Pomerol, na região de Bourdeaux (França). Diferentemente dos vinhos da região de Pomerol, o Chateau Petrus possui 95% da uva Merlot e 5% de Cabernet Franc. São produzidas apenas 25 mil garrafas que são distribuídas para o mundo todo! O dono da vinícola, Christian Moeuix, recusou a participação de seu vinho no filme Sideways. Com certeza ele não precisa divulgar o Chateau Petrus em um filme, né?! rsrsrs....



4- Chateau d ´Yquem: Um vinho branco e doce. A propriedade de Yquem está localizada em Sauternes, ao sul da região de Bourdeaux (França). As uvas (Semillon e Saunignon Blanc) são atacadas por um fungo chamado Botrytis cinerea, e o que parece um desastre não é, pois esse fungo aumentam os níveis de acidez e açúcar da uva, além de dar uma complexidade aromática. Hoje a vinícola pertence ao grupo LVMH.



5- Dom Perignon: Uma Champagne!!! Dizem que foi Dom Perignon quem inventou a champanhe, O CO2 que fica na garrafa...há a famosa frase quando se bebe uma Dom Perignon: " Estou bebendo estelas".



6- Tenuta San Guido Sassicaia: Vinho do país da Bota, da querida Itália, a região da Toscana. Foi esse o primeiro vinho italiano envelhecido em barricas, que no início era apreciado apenas pela família que o produzia, mas Nicoló, mudou esse quadro comercializando essa maravilha...e o resultado está aí, um dos vinhos mais famosos do mundo! 



7- Vega Sicília Único: Vinho espanhól que não podia de jeito algum faltar nessa lista. Um corte de Tempranillo, Cabernet Sauvignon e as vezes Merlot! É da região da Ribera del Duero. Com certeza o melhor vinho da Espanha e um dos melhores do mundo....Uma frase: "Não é p melhor vinho que existe mas é difícil algum vinho ser melhor que ele. Sentiram o poder do VS, hein?!



8- Taylor Fladgate Porto Vargellas Vintage: Como o nome diz, um vinho do Portugues, da região do Porto. Produzido apenas nos melhores ano um lote elaborado a partir dos melhores vinhos das quintas próprias da empresa: a Quinta de Vargellas, a Quinta de Terra Feita, e mais recentemente, a Quinta do Junco.
Após cada vindima, o painel de provadores seleciona os melhores vinhos do Porto das três propriedades, os quais depois são estagiados durante dois invernos em cascos de carvalho. E depois são novamente provados e se os provadores acharem que a qualidade está excepcional  aí sim é engarrafado! é um vinho bastante premiado!






9- Penfolds Grange: Vinho ícone da Austrália! Uma mistura de Shiraz e Cabernet Sauvignon , fica armazenada 19 meses em barricas novas de carvalho americano. O vinho tem o nome de uma pequena cabana, contruída na vinícola de Maggil Estate, ao sul da Austrália. 


 
10- Screaming Eagle Cabernet Sauvignon:Vinho norte-americano, do Napa Valley, 100% Cabernet Sauvignon. O vinho foi lançado em 1992 por Jean Phillips com certeza ele nem sonhava que seu vinho ia se tornar um dos mais cultuados rótulos norte-americanos e virar peça de colecionadores.


Existem outros vinhos que também são famosos pelo mundo, mas por enquanto ficamos com essa lista, rsrsrs!

Bjoss




terça-feira, 29 de maio de 2012

UMA TAÇA MODERNA E DIFERENTE!!!



A  Yorb Design  criou a Glassware Revolution, uma taça de vinho diferente, porém super moderna.
Segundo os criadores, apesar do design da taça ser estranho à primeira vista, essa nova configuração é ótima para os apreciadores de vinho, pois os aromas são mais fáceis de serem percebidos devido a sua larga abertura. Possui também uma pequena haste que faz todo o charme!!!




Além disso pode ser utilizadas para outras finalidades, como prato de sobremesa por exemplo!!!



Adorei!!!

Bjs


 



segunda-feira, 28 de maio de 2012

HOJE É DIA DO HAMBÚRGUER!!!



Semana passada dia do café...e hoje dia do hambúrguer.
A história do hambúrguer começou no fim do século XVII, quando tribos nômades da Ásia Ocidental desenvolveram a técnica de temperar a carne bovina, finamente picada, a fim de evitar seu perecimento. A iguaria teve bastante aceitação, uma vez que dispensava o manuseio do fogo nos acampamentos.
Marinheiros alemães que faziam a rota do Báltico conheceram a receita, porém, torceram o nariz para a carne crua. Levaram, então, a idéia para casa, mas passaram a cozinhar a carne. O sucesso foi tal que rapidamente virou um prato típico da culinária alemã.
Já no século XIX, os americanos aperfeiçoaram a receita, acrescentando o pão e aí é que o sanduíche ganhou fama e hoje é ícone da culinária norte-americana! O primeiro restaurante a ter o hambúrguer no cardápio foi o Del´s Monico, em NY!!!
No Brasil, o primeiro habúrguer foi trazido pela lanchonete Bob´s.
Hoje podemos desfrutar dessa maravilha em diversos lugares...mas tem um que para mim é o melhor!!! Já comentei aqui no blog do Black Pepper Buguer & Bistrô e recomendo comemorar esse dia saboreando o BQB Rodeo!!!

BBQ Rodeo!!

Informações AQUI!

Bjs

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Degustações e Promoções no dia do Café!!!



Hoje é o dia Nacional do café!!!! É incrível o que o brasileiro toma de café....70% dos paulistanos tomam em média 2 a 4 xícaras por dia. Os cafés estão cada vez mais refinados e casas especializadas na bebida são sucesso em São Paulo, fora a profissão de barista que fazem do café uma verdadeira arte!!!!
Confira a programação dos lugares que estão comemorando a data:


STARBUCKSOferecerá gratuitamente em todas as unidades xícaras do blend comemorativo de 40 anos da rede, reunindo grãos da Colômbia, Papua Nova Guiné, Sumatra e Etiópia.
CAFÉ RAIZ
A casa é famosa pelo blend feito com cafés arábica da região da Alto Mogiana. Quem for à cafeteria de Perdizes poderá degustar a xícara de expresso de graça.
CAFETERIA CAFEZAL
Localizada dentro do Centro Cultural Banco do Brasil, oferecerá gratuitamente o temático BOB Ristretto, expresso curto e encorpado com creme de avelã e abacaxi.s
TAG AND JUICE
A moderninha loja de bicicletas na Vila Madalena vai apresentar uma criação da Martins Café: o Johnny5 cremoso, café coado com cardamomo mais creme de manga e cupuaçu.
OCTAVIO CAFÉNão haverá café de graça, mas quem for à cafeteria do Itaim ganhará uma muda da planta e poderá ver uma exposição de fotografias sobre o tema.
CAFFÉ LATTE
As lojas oferecem desconto de 20% nas bebidas elaboradas com café, exceto o expresso. Assim, hits como o expresso macadamia, feito de chocolate e macadâmia; o expresso bombom, com leite condensado; e o expresso cacau, que leva licor de cacau e chantili, vão custar R$ 5,10.
SUPLICY CAFÉS ESPECIAISNa compra de qualquer pacote de cafés da rede, os clientes ganharão de cortesia uma xícara da bebida e poderão escolher o método de extração da sua escolha: expresso, prensa francesa, coador ou turco.

UM LUGAR QUE ADORO É O SANTO GRÃO, LÁ TEM VÁRIOS TIPOS DE CHÁS E CAFÉS PARA VC ESCOLHER!!!!

FELIZ DIA DO CAFÉ!!!
BJOS


quarta-feira, 23 de maio de 2012

VINHOS BRASILEIROS SÃO PREMIADOS NO WINE CHALLENGE!



Ontem, em Londres, foram divulgados os vinhos premiados do Wine Challenge, um concurso de vinhos independente e muito importante, pois esse concurso é a principal  referência  para os compradores ingleses. Segundo Thiago Mendes, o embaixador do Wine Challenge, os consumidores dificilmente compram vinhos que não tenham recebido medalha ou ao menos menção honrosa.
Este ano foram 15 mil vinhos, de mais de 50 países que disputaram o concurso. O Brasil, ganhou 30 medalhas: 3 de prata, 5 de bronze e 23 ganharam menção honrosa. A medalha de ouro é concedida a vinhos que alcançam de 96 a 100 pontos; a prata, de 91 a 95; e a bronze, de 86 a 90. Entre 80 e 85, é menção honrosa.
Confira os vinhos premiados:

Medalha de prata 
– Casa Valduga Reserva Brut, 2009 – Vinícola Casa Valduga
– Ponto Nero Brut – Domno do Brasil

Medalha de bronze
– Dunamis Pinot Grigio, 2011 – Vinícola Dunamis
- Conde de Foucauld Rosé – Cooperativa Vinícola Aurora
- Aurora Brut Chardonnay – Cooperativa Vinícola Aurora
- Casa Valduga Brut 130 – Vinícola Casa Valduga
- Maestrale Integrus, 2010 – Vinícola Sanjo (SC)

Menção honrosa 
- Dunamis Cabernet Franc, 2011 – Vinícola Dunamis
- Dunamis Merlot, 2011 - Vinícola Dunamis
- Cave Pericó Espumante Rose Brut, 2010 – Vinicola Pericó (SC)
- Aurora Reserva Merlot, 2011 – Cooperativa Vinícola Aurora
- Marcus James Brut – Cooperativa Vinícola Aurora
- Aurora Brut Pinot Noir  – Cooperativa Vinícola Aurora
- Gran Legado Brut Champenoise – Vinícola Wine Park
- Aracuri Collector Cabernet Sauvignon, 2008 – Vinícola Aracuri
- Laurentia Brut – Vinícola Laurentia
- Salton Evidence – Vinícola Salton
- Reserva Boscato Merlot, 2007 – Vinícola Boscato
- Espumante Moscatel Castellamare, 2011 – Coop. São João
- Espumante Brut Castellamare, 2011 – Cooperativa São João
- Espumante Garibaldi Moscatel – Cooperativa Vinicola Garibaldi
- Casa Valduga Cabernet Sauvignon, 2008 – Casa Valduga
- Ponto Nero Extra Brut – Domno Do Brasil
- Ponto Nero Brut Rosé – Domno Do Brasil
- Gazzaro Brut – Vinicola Gazzaro
- Terroir Rosé Cave Geisse Brut, 2008 – Vinicola Geisse
- Cave Amadeu Elementos Brut – Vinicola Geisse
- Alisios Do Seival Pinot Grigio - Riesling, 2011 – Vinicola Miolo
- Quinta Do Seival Castas Portuguesas, 2008 – Vinicola Miolo
- Miolo Millesime Brut, 2009 – Vinicola Miolo

Bjs


quinta-feira, 17 de maio de 2012

NOVO BARCA VELHA CHEGA EM SETEMBRO A 100 EUROS!!!




Ontem a Casa Ferreirinha anuciou que o mais famoso vinho português O Barca Velha será comercializado a partir de setembro pelo preço de 100 euros.
As uvas do vinho foram colhidas em 2004 e foram produzidas 26.068 garrafas. Para quem não sabe, esse vinho não é produzido todo o ano, tudo depende da qualidade das uvas, da boa vinificação, ou seja, para ser um Barca Velha, o vinho tem que ser excepciona e .foi o  que aconteceu na safra de 2004...o 17° de uma coleção iniciada há 60 anos.
O BV 2004 TEM 13,5% de álcool e seu preço é justificável...afinal levou 8 anos para ficar pronto!!!
Vamos ver quanto custará aqui no Brasil....e se a Salvaguarda irá cooperar com isso!!!

Bjs

terça-feira, 15 de maio de 2012

ÁGUA DAS PEDRAS






Não conhecia essa água até experimentá-la na Expovinis, uma delícia, deixa um gostinho salgado na boca, diferente de qualquer água que já bebi!
A água das Pedras é proveniente de quatro nascentes minerais do Vale das Pedras Salgadas, na região de Trás-os-Montes; Portugal.
Ao contrário da maiorias das águas com gás, essa água não é gaseificada, é 100% natural, sem intervenção humana. O gás carbônico provém do mesmo lugar que a água, já as outras, são gaseificadas artificialmente.
Apenas 0,5% das águas de todo o mundo tem as mesmas características naturais dessa água portuguesa!
As garrafinhas de 250ml é novidade no Brasil e custa em torno de R$10,00!!!
Vale a pena experimentar!!!


Bjs

CAFÉ DA MANHÃ COM ALEX ATALA!!!




Na manhã de ontem, o dono do 4° melhor restaurante do mundo, Alex Atala tomou café da manhã com Ana Maria Braga no programa matinal da Resee Globo, Mais Você....No bate o chef  mostrou ser uma pessoa carismática, que luta pelo sucesso da gastronomia brasileira!!!
Confiram o bate papo AQUI!

Além disso...Alex Atala ensinou Ana Maria Braga a fazer a famosa galinhada que é servida aos sábados no Dalva & Dito. Confiram Aqui a receita!!!


Bjs

quarta-feira, 9 de maio de 2012

O LAMBRUSCO




O vinho Lambrusco (feito a partir da uva lambrusco) é um dos vinhos de maior consumo no Brasil. Sua origem é italiana, da região de Emilia-Romana e pode ser apresentado nas versões tinto, branco e rosé. No Brasil o mais consumido é o branco, já na Itália é o tinto! É uma bebida leve, sem muito álcool e geralmente doce.
O Lambrusco não é um espumante, a diferença é que este não passa pela 2° fermentação, o que acontece é que quando o lambrusco está fermentando, ao final, eles não deixam o CO2 sair  e assim ficam as bolhas, portanto o lambrusco não é espumante e sim um frisante. É uma bebida para ser consumida rapidamente, não suporta o envehecimento e o ideal é beber bem gelado, temperatura entre 16° a 18°C. A versão no Brasil leva mais CO2 para aguentar a viegem da Itália, assim é mais frisante do que o original.
Apesar do alto consumo no Brasil, não é considerado um bom vinho; isso porque não temos um lambrusco de alta qualidade, geralmente são produzidos em grandes quantidades pelos italianos, sem aquele cuidado, etc...por isso o preço barato, um dos motivos que agradam os brasileiros...
Os melhores são os DOC (Denominação de Origem Controlada), mais caros porém melhor elaborados. Para harmonizar pratos mais gordurosos como feijoda, mas a harmonização perfeita é a MORTADELA!!!! Na Vinnitaly, famosa feira de vinhos na Italia, há uma enorme, gigantesca mortadela para ser acompanhada enquanto a pessoa degusta o lambrusco!!!!

Bjs

NOVIDADE NO BLOG!!!




Essa semana o blog está com uma novidade, não sei se vocês perceberam....agora temos um logo, criado e desenvolvido por uma amiga: Renata Barreto.
Há algum tempo queria que o Sil-Vinhas tivesse o logo e falei com a Renata mais ou menos o que queria e ela me mandou agumas opções (adorei todas); algumas mudanças na cor, formato e chegamos ao resultado final que vocês podem ver acima.
Estou muito feliz com essa novidade e gostei muito do logo. Para quem quiser conhecer o trabalho da Renata é só acessar o site www.renatabarreto.com, ela é super talentosa!!!!

Além disso o site do blog mudou para www.sil-vinhas.com

O que acharam da novidade???



Bjs


terça-feira, 8 de maio de 2012

VISITA A NOVA ZELÂNDIA- PARTE II



A ilha Sul não é muito diferente da Ilha Norte da Nova Zelândia....lá encontra-se a cidade de Queenstown, uma das mais famosas do país e cidade obrigatória para conhecer na NZ. Lá é onde tem os esportes radicais, como o famoso bungee-jump, salto de para-quedas e além disso restaurantes maravilhosos!!!
Na ilha Sul fomos as seguintes vinícolas:


Passeio de lancha em Queenstow

Neudorf: Foi onde tomamos o melhor chardonnay da viagem..o Neudorf Moutere Chardonnay! Fomos recebidos pelo proprietário Tim Finn que nos mostrou a vinícola e almoçou conosco no jardim do restaurante com vista para o vinhedo...um sonho!!!!

Almoço na Neudorf!

No dia seguinte visitamos 3 vinícolas na região de Malborough, a maior produtora de vinhos da NZ! As vinícolas dessa região são mais comercias, vamos assim dizer, com bons restaurantes e estrutura para receber visitantes, com excelentes vinhos. São elas:



Hunter´s Wines: A vinícola tem estrutura para receber turistas, pois tem um restaurante com comidas típicas do país, além de loja com souvenirs e até uma mini galeria de arte! Provei um espumante que achei muito bom; chama-se Hunter´s Miru Miru Reserve. Mas o destaque do almoço foi para o premiadíssimo Hunter´s Sauvignon Blanc.

Allan Scott: A 2° geração da família está toda no negócio do vinho, administrando a produção da vinícola. Os vinhos são mais comerciais, o que não deixa de ser bons. Destaque para dois:
- Allan Scott Sauvignon Blanc
- Allan Scott Pinot Noir (este não é importado para o Brasil)



Jackson State: Fomos recebidos na casa de John (foto acima) e Jo Stichbury e após as explicações dos vinhos pelo enólogo Mike Paterson, saboeramos um maravilhoso jantar preparado pelos próprios donos da vinícola...foi o jantar mais divertido da viagem. John e sua mulher ficaram encantados com a alegria dos brasileiros! Ele abriu inúmeras garrafas de vinho, fizemos uma comparação de um vinho com a rolha de cortiça e outro com a rolha screw-cap (que vale falar sobre essa experiência em um post); enfim...fomos muito bem recebidos!!!! O vinho vencedor da Jackson State foi o Jackson State Sauvignon Blanc.

Curiosidade: Atrás da casa de John está a árvore que é o símbolo da vinícola e que estampa os rótulos das garrafas da Jackson Estate.


                          Vinhos Pegasus Bay


Pegasus Bay: Também uma vinícola familiar, localizada no vale de Waipara, 30 minutos da cidade de Christchurch (onde pegamos um pequeno terremoto...mas não senti, rs!). O pai, Ivan Donaldson, tem o orgulho de ter os seus três filhos (Matthew, Edward e Paul) trabalhando ao lado dele. A mãe é cantora e assim os vinhos tem nomes de óperas, com o Maestro e Prima Donna. A Pegasus Bay é especializada em produzir Rieslings e o destaque foi para dois vinhos:
- Pegasus Bay Sauvignon/Sémillon
- Pegasus Bay Riesling


Curiosidade: Nesse dia fomos jantar na cidade de Christchurch, chegamos às 20:30 e a cozinha fechava as 21h!!! Isso é normal na NZ...tudo fecha cedo!!!



Rippon: A mais linda vinícola (foto acima)!!!!! A paisagem é deslumbrante e com seu Pinot Noir 2003, não precisa falar mais nada, rsrsrs!!! É uma vinícola que usa a filosofia biodinâmica, ou seja, nada de produtos químicos, o adubo é feito lá mesmo e para ir ao vinhedo tivemos que passar uma água com escovão em nossos sapatos para não passarmos nenhum tipo de "praga" para as vinhas!



Voltando para a cidade de Auckland, na Ilha Norte, fizemos um passeio para a Stoneridge, localizada em uma ilha, onde almoçamos (foto da turma no almoço acima) e tomamos o Larosse 2006 que é um corte de Boudeaux e é comparado aos melhores Grand Cru Classé...Maravilhoso!!!!

Com certeza tem muitas coisas para falar sobre a NZ, mas em relação aos vinhos posso dizer que são de ótima qualidade e que os brancos ganham dos tintos...os melhores vinhos que tomamos foram:

Branco: Chardonnay Moutere (Neudorf)
Tinto: Pinot Noir 2003 (Rippon)
         Pinot Noir 2003 (Ata Rangi)

Espero que tenham gostado e qualquer dúvida, sugestão, criticas, etc...só deixar um comentário!!!
Bjs


Alex Atala elege os cinco melhores Chefs do Brasil



Alex Atala, o chef do 4° melhor restaurante do mundo, o D.O.M.(eleição divulgada pela revista britânica Restaurant) deu uma entrevista para o site Terra e disse que o Brasil possui grandes nomes na gastronomia que a eleição poderia ter colocado em uma posição melhor, assim elegeu os seus 5 melhores chefs, que são:


1-Helena Rizzo, do Maní Manioca, em São Paulo
2-Roberta Sudbrack, do Roberta Sudbrack, no Rio de Janeiro
3-Rodrigo Oliveira, do Mocotó, em São Paulo
4-Thiago Castanho, do Remanso do Peixe, em Belém
5- Alberto Langraf, do Épice, em São Paulo

Bjs





segunda-feira, 7 de maio de 2012

A INFLUÊNCIA DA LUA NO VINHO!




Esse final de semana todos viram que a Lua estava linda, grande e brilhante... pois é a "super lua" em sua fase cheia esteve 14% maior e 30% mais brilhante que o normal. Isso só acontece uma vez por ano...
As fases da lua influenciam as marés, no comportamento humano, nos cabelos, no parto (essa eu sou testemunha de que é verdade pois tenho uma amiga que teve bebê de parto normal quando mudou a lua!) e nos vinhos...segundo a cultura biodinâmica.
Alguns produtores de vinho plantam sua semente quando a lua está ascendente e passando pela constelação de Virgem, Capricórnio ou Touro. Todas as fases de produção do vinho, colheita, vinificação, e engarrafamento são regidos pelas fases da lua.
A alemã Maria Thun desenvolveu uma teoria onde o vinho é um organismo vivo que responde aos humores lunares, para ela se a lua influencia as marés também afeta os líquidos do corpo humano e, consequentemente, seu comportamento. Baseada nisso, ela desenvolveu um calendário que aponta os melhores dias para degustar o vinho. O calendário classifica os dias como fruta, flor, folha e raiz de acordo com a posição da lua e das estrelas...e a partir dessa filosofia, os vinhos são melhores nos dias fruta, seguidos pelo flor, folha e raiz.
Lenda ou não, tem muita gente adotando essa filosofia! Visitei uma vinícola na NZ, a Rippon, que produz um dos melhores Pinot Noir do país e a vinícola é totalmente biodinâmica e acredita que a lua influência sim em todos os aspectos do vinho!!!!


Bjs

quarta-feira, 2 de maio de 2012

CHEFS DE RUA NA VIRADA CULTURAL




No próximo sábado, dia 06 de maio, acontecerá a Virada Cultural e esse ano renomados chefs de cozinha resolveram entrar no evento da madrugada!!!  Alex Atala ( dono do 4° melhor restaurante do mundo o D.O.M.) abrirá o " Chefs de Rua" com a galinhada no Dalva & Dito...recomendo, você janta a galinhada e depois vai gastar as calorias dançando no andar de baixo do restaurante, geralmente samba....um ótimo programa!
Das 2h às 6h Erick Jackin, do La Brasserie servirá a sopa de cebola na barraca da sopa e das 8h as 18h do domingo. O evento acontece no  minhocão que terá inúmeras barracas com os mais variados tipos de comida (japonesa, espanhola, brasileira, etc...) tudo com um ótimo preço de R$5,00 a R$15,00!!!!
Confira a programação e vamos torcer para que não chova!


ABERTURA DO EVENTO (à partir das 0h):
Alex Atala – servirá a galinhada do Dalva & Dito para 500 pessoas.

BARRACA DE SOPA (das 2h às 6h)
Erick Jacquin (La Brasserie) – Sopa de Cebola 

NAS BARRACAS (das 8h às 20h):
Benny Novak (210 Diner) – costelinha de porco assada e grelhada, molho barbecue e milho verde
Checho Gonzales (Curador do evento) – choripan de sabores e molhos variados
Carlos Ribeiro (Na Cozinha) – buraco quente de picadinho campeão no pão francês
Carol Brandão (Las Chicas) – mini monkey brownie, copinho de arroz doce com doce de leite e coco e quindim com nozes
Dagoberto Torres (Suri) – ceviches e arepas
Daniela França Pinto (Marcelino Pan Y Vino) – polenta cremosa com cogumelo crocante
Danilo Rolim (La Tapa Bar) – montaditos e tapas variadas
Heloisa Bacellar (Lá Da Venda) – pão de queijo e bolos da venda
Henrique Fogaça (Sal Gastronomia) – sanduíche de copa lombo com vinagrete de maçã
Janaína Rueda (Dona Onça) – puchero à Love Story
Leandro Freitas e Henry Caceres (Nakombi) – kombinado da virada, temaki de salmão, guioza, sunomôno de lula
Lourdes Hernández (La Cocinera Atrevida) – tostadas, caldo e costelinhas
Luiz Emanuel (ex-Allez Allez) – steak tartare e batatas fritas
Marcio Silva (Oryza) – arroz de carreteiro com pipoca
Marco Soares (Oliva Restaurant) – espetinho de polpetini de cordeiro
Raphael Despirite (Marcel) – hot dog à francesa
Renato Carioni (Cosí) – hambúrguer de pato com maionese trufada
Rodrigo Oliveira (Mocotó) – baião de dois ou dadinhos de tapioca
Paula Labaki (Lena Labaki) – sanduíche de pernil em escabeche e de frango defumado com chutney e ervas
Vitor Sobral, Hugo Nascimento e Luis Espadana (Tasca da Esquina) – bolinho de bacalhau e salada de grãos de bico

Informações:
Domingo, 6 de maio
Das 8h às 20h
No Minhocão (Viaduto Pres. Costa e Silva)
Acesso pelas ruas Sebastião Pereira (altura do número 90), Ana Cintra (altura do 200) e Helvétia (altura do 800). Metrô Santa Cecília ou Marechal Deodoro
Capacidade: em média 2 mil refeições por chef/barraca
Preços acessíveis  (R$5 a R$15) – Somente dinheiro




Fica a dica para o final de semana!!
Bjs