segunda-feira, 23 de julho de 2012

HARMONIZAÇÃO: Sopas & Vinhos




Não há como negar que sopas e caldos são pratos típicos do inverno. Há quem diz que a sopa é o prato mais antigo do mundo. Para muitos, a sopa foi o primeiro contato com alimentos após o leite materno, por ser uma comida líquida ou pastosa.
A invenção da sopa foi um marco importante nos hábitos alimentares. A descoberta do fogo foi o ponto de partida para amaciar os alimentos e posteriormente cozinhá-los. Foi quando a sopa entrou nos hábitos alimentares que os dentes tiveram uma maior duração.
A maioria das sopas faz bem à saúde, pois são de fácil digestão, além de conter vitaminas e hidratos de carbono...por isso que quando ficamos doente sempre recorremos a nossa "sopinha". Para quem está de regime e quer perder peso também é uma excelente escolha.



Os ingredientes da sopa podem ser vários: batatas, cebola, cenoura, couve, etc. Existem diversas receitas de sopas; das mais simples as mais refinadas e o vinho não fica de fora para acompanhá-la. Abaixo algumas sugestões de harmonização:





 A canja ou o tradicional cappeletti in brodo italiano, são sopas leves, portanto podem ser harmonizadas com vinho branco, de preferência com a uva chardonnay. Esse vinho ressalta o caldo e seus ingredientes o que o tinto não faz, pelo contrário...os "massacra". Vocês devem estar perguntando sobre a temperatura, já que os brancos são normalmente servidos gelados...para as sopas não há problema algum serví-los dois ou três graus acima, 14 graus é a temperatura ideal.

O caldinho verde que nada mais é que um creme de couve com batatas que acompanha linguiça...um prato típico português, também leve (apesar da linguiça). Para esse caldo, nada melhor que um vinhot into de corpo médio do país, se for da região do Dão, perfeito!!!

Vinho Duque du Viseau


A sopinha de feijão, ou caldinho de feijão, é um prato cremoso, geralmente picante...para resolver o sabor picante, nada que um vinho com boa acidez não resolva, o Jerez é uma ótima opção!!!

Creme de mandioca...adoro, rsrsrs!! Tem uma textura grossa, é mais pastoso, portanto pede um vinho encorpado como um malbec argentino ou um cabernet chileno!!!

Casa Rivas Cabernet Sauvignom


O minestrone, prato tipicamente italiano, é feito com vários tipos de legumes e quase sempre arroz ou macarrão, é chamada também de "sopão", os ingredientes mais usados são tomate, feijão, cebola, cenoura, etc...apesar de não ter uma receita típica, geralmente é uma sopa mais "populda", e pedem um vinho tinto para a harmonização. Sugestão: vinhos do sul da Itália, das regiões da Sicilia e Campânia.

Minestrone

A sopa de cebola, prato inventado na França (uma das minhas preferidas)...e também o prato tradicional e famoso do Ceasa (centro distribuidor de alimentos de São Paulo). Gratinada...está numa escala intermediária, não é leve nem encorpada, portanto brancos e tintos são aceitos com essa maravilha, rs!!!

Tradicional sopa de cebola do ceasa!


 Sugestões: tintos médios para encorpados, como por exemplo Chinon e Bourgueil, vinhos franceses, da região do Vale do Loire produzidos com a uva cabernet franc.

La Coudraye Bourgueil - Domaine Yannick Amirault 




"Nem vem de garfo, que hoje é dia de sopa." (Wilson Simonal)






Bjos e boa semana!!!

Um comentário:

  1. Bom dia Silvia,

    meu nome é Arthur (arthurandrademoreira@hotmail.com), adorei o seu blog.
    Sabemos que sopa com vinho é algo controvertido. Eu aprovo e adoro a sopinha com vinho!

    Já estou utilizando seu blog para mostrar para uns e outros que mais pessoas curtem a combinação.

    Tudo de bom!

    ResponderExcluir