segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O que significa o vinho ser Reserva???



Sempre nos deparamos com rótulos com o nome "Reserva" e para o vinho ter essa denominação ou classificação varia de acordo com a legislação de cada país.

Na Espanha, por exemplo, os vinhos Reserva, são aqueles que passam 12 meses em barricas de carvalho e mais pelo menos 2 anos na garrafa antes de ser comercializado.

Na Itália, eles adotam o termo "Riserva" para os vinhos que passam 3 anos envelhecendo, mas não são todos, os Barolos, Barbaresco e Brunello de Montalcino tem que passar 5 anos envelhecendo entre barricas e garrafas antes de ir ao mercado.

Barricas!


Os vinhos doces de Portugal, do Porto, levam a denominação Reserva quando é produzido a partir de uvas selecionadas de grande qualidade e passam 7 anos amadurecendo em barrica e depois engarrafados.
Os vinhos portugueses em geral, levam o nome "Reserva" quando passam no mínimo um ano  envelhecendo na garrafa.

No novo mundo, principalmente Brasil, Argentina e Chile é totalmente diferente...não há regra nenhuma, nenhuma lei que exige o vinho ser caracterizado como Reserva. Mas pode-se levar em conta que esse termo indica que o vinho foi elaborado de forma melhor, com mais qualidade em relação aos outros vinhos da vinícola, vamos assim dizer, com a seleção de uvas, passagem por barricas, etc...há os que dizem que algumas vinícolas utilizam esse termo como um marketing.

Há também o termo Reservado, principalmente no Chile, também usado sem critério algum...mas os vinhos que levam esse nome são "inferiores" aos vinhos Reserva.

E junto com a denominação Reserva, podemos achar Reserva Especial, Reserva Familiar, Gran Reserva, etc.

Espero que tenha ajudado!

Beijos e boa semana






Nenhum comentário:

Postar um comentário