segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

China & Vinhos






Recentemente saiu a notícia de que a China será a maior produtora de vinhos no mundo nos próximos cinco anos. Pois é...segundo o Centro de Pesquisas The French National Centre for Scientific Research (CNRS), o país dobrará o número de vinhos, superando França, Espanha e Itália e se tornará o maior produtor de vinho.

A Vinicultura na China existe há mais de 200 anos, antes da França. As maiores regiões produtoras estão no nordeste, na província de Shandong (Shantung), Hebei e Jiangsu assim como em Beijing (Peking) e Tianjin (Tientsin).

O crescimento da produção de vinho na China deve-se aos estrangeiros, quando em 1970 o país permitiu a participação dos estrangeiros na modernização da produção de vinhos. Remy Martin foi o primeiro a acreditar nos vinhos chineses e fundou a marca "Dynasty", uma das mais importantes e líder no mercado com 13 milhões de garrafas anuais.



Os vinhos chineses seguem o estilo europeu e a partir dos anos 80 italianos, franceses, espanhóis começaram a investir no mercado de vinhos na China. A safra chinesa produz cerca de 300.000 toneladas, com tendência crescente. Quase ¼ serve a 5 grandes vinícolas. A maior é a Changu Yu Winery em Yantai (Província de Shandong), que produz o vinho "Marco Polo". As outras - Beijing Yeguangbei, Lianyungang (Jiangsu), Great Wall e Tong Hua (Jilin) – produzem cerca da mesma quantidade. Os vinhos são produzidos no modo tradicional e atualmente no estilo europeu. Hoje os tanques são importados. Há ao todo cerca de 200 vinícolas, das quais, quase que somente aquelas que têm participação estrangeira são conhecidas.

A uva ícone do país é a olho de dragão e as uvas Chardonnay, Riesling, Pinot noir, Pinot Meunier, Cabernet Sauvignon e Gamay produzem ótimos vinhos no país.

Hoje, Argentina e Áustria também são países investidores dos vinhos chineses.

Além disso, os chineses tem verdadeira loucura pelos vinhos de Bourdeaux, até um documentário foi feito sobre o tema -The Red Obsession. A China tornou-se um dos principais destinos dos rótulos da região francesa


Além disso é uma excelente importadora de vinhos do mundo inteiro, principalmente Portugal.



Pois é... a China está dominado o mundo e os vinhos não ficam de fora!


Bjos e boa semana!

Nenhum comentário:

Postar um comentário