quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Argentina têm a maio alta de preços de seus vinhedos!







Parece que o interesse em se tornar proprietário de um vinhedo vem aumentando nos últimos anos.


A empresa Knight Frank fez um relatório comparando os preços dos vinhedos de junho de 2013 e de junho de 2012. A conclusão foi que houve um aumento de 6,8% no preço. 

O relatório Global Vineyard Index 2013, que monitora o valor das vinhas no mundo, mostrou que a região de Mendoza, Argentina, foi o país que teve o maior aumento do preço dos seus vinhedos: 25% a mais do que o ano de 2012.

A Argentina teve um significativo aumento na venda de seus vinhos, principalmente de sua uva ícone, a malbec, em países como EUA, assim investidores estrangeiros tem se interessado cada vez mais nos vinhedos argentinos, pois além do aumento das vendas do vinho argentinho, um vinhedo lá é muito mais barato que nos EUA, por exemplo, no Napa Valley, as vinhas chegam a U$600 mil e na Argentina U$30 mil...assim os vinhedos de nossos hermanos tornam-se excelentes investimentos para os estrangeiros.



A região européia da Toscana, Itália ficou em 2° lugar, com um aumneto de 20% no preço de seus vinhedos.



quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Vinho da Vez: Côte-du-Rhône Les Promesses 2011




Em 1950, Etienne Gonnet fundou a vinícola Domaine Font de Michelle produzindo vinhos com a apelação Chateuneu-du-pape. Em 1975 Etienne faleceu, deixando a propriedade para seus dois filhos Jean e Michel Gonnet que em 2002 aumentaram os negócios da familia adquirindo terras na região de Côte-du- Rhône e deram o nome de Font du Vent.

Com uma importação exclusiva, a RBG Vinhos traz para o Brasil o vinho Côte-du-Rhône Les Promesses 2011 dessa tradicional vinícola familiar.

Um vinho gostoso, frutado no gosto e aroma, fácil de harmonizar, massas, carnes, frangos, peixes, etc. Feito com 60% Grenache, 30% Syrah e 10% Cinsault e com 13,5% de álcool.

Vinho ideal para abrir nos finais de semana e no carnaval que está logo aí :-)



O preço do vinho é R$83,00 mas a RBG Vinhos está com a seguinte promoção

  • 3 garrafas por R$198,00
  • 6 garrafas por R$372,00

Quem tiver interesse é só mandar email para rbgvinhos@rbgvinhos.com.br

Fica a dica

Bjs

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

OS 10 MELHORES HOTÉIS PARA AMANTES DO VINHO!



Viajar é bom, vinho também...juntar os dois melhor ainda! O enoturismo ou turismo do vinho, é mais do que apenas viajar para apreciar e beber vinhos...é apreciar as paisagens, visitar os vinhedos, provar a gastronomia, etc. Esse aumentou muito no séc XXI. Hoje, há uma variedade de hotéis que oferecem uma infinidade de serviços para as pessoas que além de querer apreciar um bom vinho, querem conhecer um pouquinho mais sobre o assunto.

O site The Drink Business selecionou os 10 melhores hotéis para amantes do vinho, são eles:





ARGENTINA: Cavas Wine Lodge: localizada em Mendoza dentro de um vinhedo de 35 hectares, possui 14 quartos, um restaurante com 250 rótulos de vinhos de Mendoza, além de um spa com diversos tratamentos como a vinoterapia. A diária varia de acordo com o quarto (USD665,00 até USD3.200,00). www.cavaswinelodge.com




FRANÇA: Domaine de La Noria: localizada em Chusclan , dentro dos famosos vinhedos do Cotes du Rhône. Foi construído no final do séc. XIX e em 2003 foi reformado. Com piscinas, oferecem passeios pela região além de um tour pela adega da vinícola.Na época da colheita os hóspedes podem participar e escolher as uvas que vão fazer o vinho!!! De 55 euros a 75 euros a diária. www.domainelanoria.com



FRANÇA: L’Auberge du Vin, localizada no Rhône, o hotel oferece cursos de vinhos para inciantes (Introduction to the Wines of the Rhône Valley), além do curso WSET (The Wine and Spirits Education Trust) nível 1 e 2. Eles promovem um final de semana onde os hópedes podem participar da colheita do Chateau Pesquié na companhia do dono e do enólogo da vinícola. Além disso, o hotel oferece aluguel de motos, bicicletas, além de promover eventos, como casamentos. A diária é 135,00 por casal. www.aubergeduvin.com




 ESPANHA: Marqués de Riscal, localizado em Elciego é marcado por sua arquitetura que foi projetada pelo famoso arquiteto Frank Gehry. Inaugurado em 2006 Marqués de Riscál junta arte, gastronomia, vinho além de uma paisagem exuberante. Dá para ver o hotel de qualquer lugar da cidade, graças ao seu design futurista. Possui 43 quartos, spa, passeios de bicicletas grátis pela região,  restaurantes,  como o Bistró 1860 (uma estrela Guia Michelin) e uma vinoteca para apreciar os vinhos com os famosos "tapas" espanhóis.  Diária: média de 300 euros.
www.hotel-marquesderiscal.com



 ÁFRICA DO SUL: Alluvia Stellenbosch Wine Farm, situado numa propriedade vinícola localizado nas vinhas da região de Stellenbosch. O resort, com spa e campo de golfe, oferece degustações de vinhos de seus vinhedos, onde as principais uvas são cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e sauvignon Blanc.
www.alluvia-stellenbosch.com




EUA: The Carneros Inn, localizado na região no Nappa Valley (Califórina). O hotel possui uma excelente localização para quem quer conhecer a região. Possui piscinas (uma para crianças) cabeleireiro e um spa com tratamentos de vinhoterapia!
www.thecarnerosinnnapa.com



URUGUAI: Posado Campotinto, está localizada na cidade de Carmelo, na zona rural de São Roque cercada por fazenda, vinhedos e muitas adegas! Carmelo é considerada como uma das áreas de viticultura mais importante do Uruguai. Os hóspedes, além de desfrutar da piscina, da gastronomia do restaurante, podem participar de atividades da vinícola, como degustações, pic-nics, poda e colheita das uvas.
www.posadacampotinto.com



PORTUGAL: Bussaco Palace Hotel, localizado na região da Bairrada, um hotel 5 estrelas que já foi um convento. Situaa-se na Mata Nacional do Bussaco e foi o palácio de caça dos últimos reis de Portugal, ou seja, um lugar histórico. O menu do restaurante se divide entre pratos da cozinha francesa e portuguesa e claro muitos vinhos. Os casamentos lá dizem que são incríveis!  www.themahotel.pt





NOVA ZELÂNDIA: Owhanake Bay Estat, localizado em Auckland, além da linda paisagem o hotel dispõe de pacotes para os amantes de vinho, com degustações, passeios nas vinícolas e jantar em  restaurante local.
www.owhanake.co.nz

O Brasil não está na lista...mas no Vale dos Vinhedos hotéis para o enoturismo não faltam, mas fica para outro post!


Bjos





quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

OS TIPOS DE ROLHA DE VINHO E A POLÊMICA SOBRE O ASSUNTO!




Antigamente existia somente um tipo de rolha: cortiça. O mundo se modernizou e o mercado de vinhos também, inovando em suas rolhas, hoje há outros tipos como as sintéticas, screwcap e até de vidro. Mas...muitas pessoas, admiradores de vinhos não aceitam essa modernização e fecham os olhos e dizem não para as garrafas que não tem as tradicionais rolhas de cortiça. Mas é bom irem se acostumando....pois as rolhas de cortiça ficarão para os vinhos muito bons, caros e antigos.

Falo isso com fundamento, pois ninguém menos que Paul Pontalier, enólogo do famoso Chateau Margeaux, entrou na onda da screwcap. Seu vinho Pavillon Rouge está em teste com esse tipo de rolha, lacre, ou rosca.


Os principais tipos de rolha são:

rolha maciça


CORTIÇA: a cortiça é extraída da casca do sobreiro, que só pode ser retirada quando a árvore atinge 25 a 30 anos de idade. Após essa primeira extração, somente a cada 9 anos pode ser extraída de novo. Portugal é o maior fabricante de cortiça do mundo. Mas atenção...pois nem todas as rolhas são 100% de cortiça (maciças) há também as de aglomerado de cortiça (foto abaixo), que é mais barata e contém cola e cortiça moída, esse tipo as vezes pode interferir nos aromas do vinho.



Como disse é a rolha tradicional, a mais antiga...por um lado impede o contato do vinho com o oxigênio por outro é vulnerável a contaminação do TCA (tricloroanisol) que provoca odor e mofo no vinho...o chamado bouchonné, que estraga completamente o vinho.



ROLHA SINTÉTICA: surgiu como alternativa a rolha de cortiça e causou espanto e revolta aos consumidores tradicionais de vinhos. Essa rolha é mais barata que a tradicional e não transmitem o TCA.  Dizem que esse tipo não impede totalmente a entrada de oxigênio na garrafa. A rolha sintética é ideal para vinhos mais baratos e jovens, que devem ser tomados de 1 a 5 anos. Foi aprovadissíma pelo vinhos brancos.




SCREWCAP: uma tampa de rosca feita de metal e plástico, seu revestimento impede qualquer contato, seu material é o mesmo daquelas tampas de remédio, sabem?? Enfim, essa tampa de rosca é bem mais barata (o que vai refletir nos bolsos dos consumidores) e além disso é reciclável. Mas...com ela não temos a tradição de abrir o vinho com o saca-rolhas, bons para uns, horrível para outros, rs!
Nos países do Novo Mundo, como a Austrália por exemplo esse tipo de rolha domina o mercado de vinho...dificil achar uma garrafa com outro tipo de rolha.



ROLHA DE VIDRO: é a menos conhecida e usada, é feita de silicone. Não tem sabor, nem cheiro e impede o contato da bebida com o oxigênio...é ótima para vedar as garrafas já abertas, mas não se sabe ainda se é 100% eficaz.



rolha de vidro


A polêmica sobre o assunto é grande, muitas pessoas se recusam a comprar vinhos com rolhas sem ser de cortiça. Se surgiram novas rolhas de vinho é porque a tradicional rolha de cortiça não estava dando conta devido ao preço, ao TCA, etc...realmente para os vinhos de guarda a rolha de cortiça é a melhor opção, por causa da oxigenação, de poder envelhecer tranquilamente, etc, mas um vinho para tomar no dia a dia, as outras rolhas são muito confiáveis, mais baratas, recicláveis, biodegradáveis, não vão estragar o vinho...pena que ainda não são bem vindas para algumas pessoas!!!




:-)
Bjos


quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Vinho da Vez: Portillo Rosé 2012



Nesse calor intenso que estamos vivendo nesses últimos dias não podíamos deixar de ter um vinho refrescante como o da vez.

O escolhido foi o Portillo Rosé Malbec, produzido pela Bodega Salentein, localizada em Mendoza, Argentina.

Esse rosé é 100% malbec e além de refrescante é um vinho frutado e muito saboroso. Com 13% de teor alcoólico, possui corpo médio e como harmonização pratos leves: saladas, peixes e aperitivos. Perfeito para tomar bem geladinho esse final de semana na piscina ou na praia, pois se Deus quiser estaremos todos lá..rsrsrs!

O vinho custa R$39,00 e a Rbg Vinhos está com a seguinte promoção:

----> 6 garrafas por R$186,00

Quem tiver interesse é só enviar email para rbgvinhos@rbgvinhos.com.br



Fica a dica!

Bjos

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Sétimo melhor restaurante do mundo é fechado por intoxicação alimentar!





O 7° restaurante do mundo, eleito pela revista Restaurant, o Dinner, localizado em Londres fechou suas portas por uma semana.

O Chef Heston Blumenthal decidiu fazer isso pois 24 clientes e 21 funcionários foram infectados por um vírus de gripe intestinal que provoca vômitos e diarreia.

Heston, é adepto da cozinha molecular*, já teve que fechar em 2009 seu restaurante "The Fat Duck" (3 estrelas do Guia Michelin) pelo mesmo motivo.



A segurança sanitária informou que várias análises mostraram a presença do norovírus no Dinner ( 2 estrelas do Guia Michelin).

Em seu site, o "Dinner" informou no domingo, dia 02, que permanecerá fechado por uma semana.



*uma prática em que se combinam ingredientes cuja composição molecular é compatível, mas não se sabe se, para determinar essa compatibilidade, é preciso instalar nas cozinhas um microscópio eletrônico, mas se isto acontecer também não causaria estranheza.


Bjos