segunda-feira, 30 de março de 2015

RESTAURANTE PRESENTEIA COM SOBREMESA QUEM NÃO USA CELULAR!




Não adianta, nos dias de hoje todos usam os seus smartphones..são mensagens, facebook, instagram, emails, etc.

Uma vez estava almoçando com minha mãe em um restaurante e percebi que em todas as mesas as pessoas usavam o celular e quando um casal sentou-se ao nosso lado falei para minha mãe: " Vamos ver quanto tempo demora para um deles tirar o celular do bolso". Não deu um minuto e lá estava o casal mexendo em seus smartphones.

O Tantra Restaurante é contra esse comportamento e o Chef do restaurante Eric Thomas lançou o desafio "No Tech Tantra - Enjoy The Moment" que presenteia os participantes que deixarem seus celulares de lado com uma sobremesa.

A pessoa deverá desligar o aparelho e colocá-lo em uma caixa sobre a mesa. No fim do jantar, pode tirar uma foto da sobremesa e postar no Facebook ou Instagram e só ganha quem postar com a hashtag  #notechtantra.

Para quem não conhece o Tantra Restaurante oferece comidas da tradição Mogolian Grill, com pratos exóticos e afrodisíacos, onde o cliente escolhe os ingredientes e os esquenta em uma chapa. Além disso, de quarta a sábado são apresentadas atrações como danças étnicas, acrobacias, shows aéreos, etc. Quando fui...teve apresentação de uma dançarina do ventre fazendo sua performance com uma cobra, incrível!




Para saber mais sobre o restaurante clique AQUI!

sexta-feira, 27 de março de 2015

O OVO DE PÁSCOA MAIS CARO DO MUNDO!



Páscoa chegando e a cada ano uma novidade no quesito ovos de chocolate.

O site "VeryFirstTo" está comercializando um ovo em formato de coelho que foi esculpido por Matin Chiffers, ex-chefe de decoração da Harrods (loja de departamento em Londres), com chocolate vindo da Tanzânia.

Os olhos do coelho são de diamantes, da grife 77 Diamonds. Além disso, o coelho que  pesa 5kg e possui 548 mil calorias, vem com três ovos embrulhados com folha de ouro. Tudo isso justifica o coelho ter sido considerado o mais caro ovo de páscoa de 2015...o ovo vale 49 mil dólares, cerca de R$150 mil reias.

O coelho pode ser aberto em até dois anos, se armazenado de modo adequado (que nem o vinho). Até hoje ninguém comprou o coelho de diamantes...


quarta-feira, 25 de março de 2015

Vinho da Vez: Esteva 2013





A Casa Ferreirinha leva o apelido de uma mulher que fez parte da história do mundo do vinho: a D. Antonia Adelaide Ferreira, a Dona Ferreirinha. Ela conseguiu multiplicar o patrimônio de sua família na região do Douro, Portugal, em uma época em que era raro as mulheres trabalharem. Saiba mais clicando AQUI!

O Esteva 2013 é o filhote da vinícola, um vinho saboroso, fresco, bom para tomar no dia a dia.  Produzido com as uvas francesas Touriga Franca, Tinta Barroca e tinta Roriz, não passa por madeira e possui 13% de álcool. Para acompanhar massas com molhos de carne, lombo, bacalhau e risotos.



O Esteva 2013 custa R$62,00 mas a RBG Vinhos está com a seguinte promoção

3 garrafas por R$156,00
6 garrafas por R$294,00

Quem tiver interesse pode enviar email para rbgvinhos@rbgvinhos.com.br

A promoção é válida por tempo determinado.


quarta-feira, 18 de março de 2015

Vinho da Vez: Los Boldos Traditiion Cuvée Carmenére e Sauvignon Blanc



Os vinhos da vez são chilenos, da região de Cachapoal, a 100 km ao sul da cidade de Santiago. Ali, o terroir é perfeito, pois tem a influência do rio Cachapoal, das brisas frias andinas e do clima continental, além dos solos graníticos e bem drenados.

O Chateau Los Boldos tem investido, nos últimos 5 anos, na reestruturação de sua adega e dos vinhedos, com estudos do solo e viticultura.

Seguem os detalhes dos vinhos:



Los Boldos Cuvée Tradition Carmenére 2013: produzido com a uva ícone do Chile, a Carmenére, passa por barricas e possui 13,5% de álcool. Um vinho levemente encopado, fácil de beber e muito saboroso. Harmonização: carnes vermelhas, risoto de cogumelos, massas com molhos condimentados.



Los Boldos Tradition Sauvignon Blanc 2014:  vinho branco de corpo médio, 13,5 de teor alcoólico, não passa por madeira. Refrescante, saboroso, ótimo para acompanhar aperitivos e pratos leves, como salada, pratos com frutos do mar (peixe grelhado) e aves.

O preço da garrafa é R$55,00 mas a RBG Vinhos está com a seguinte promoção

3 garrafas por R$147,00
6 garrafas por R$282,00

As caixas podem ser mistas, do jeito que quiserem. Só enviar email para rbgvinhos@rbgvinhos.com.br

Promoção válida por tempo determinado




terça-feira, 17 de março de 2015

O Jerez




O xerez, sherry ou jerez é um tipo de vinho fortificado e licoroso. É elaborado no sul da Espanha, na região de Andaluzia, ao redor da cidade que deu o nome a bebida, Jerez de La Frontera.

A produção do jerez é feita somente com uvas brancas como a palomino (a principal), Pedro Ximénes e Moscatel. O processo de produção desse tipo de vinho é diferente dos outros vinhos, pois ele é fortificado através da adição de aguardente viníca.

Além disso o amadurecimento do Jerez passa por diferentes tipos de amadurecimento, que determinam o seu tipo

Biológico:forma-se uma camada de levedura chamada flor (foto abaixo), que protege o vinho do oxigênio

Oxidativo: depois que a flor desaparece, o vinho é exposto ao oxigênio.

Há diversos tipos de Jerez e o que determina cada tipo dele é a presença da flor.

O espaço entre o líquido e a madeira forma-se uma camada, a flor


O sistema de amadurecimento do Jerez chama-se solera, onde vários barris são empilhados, e os mais antigos ficam embaixo. Uma porção de vinho do barril mais antigo é removida e engarrafada. A parte utilizada é reposta com vinho do penúltimo barril, seguindo assim sucessivamente até que o primeiro deles seja completado com vinho novo. Por isso, o Jerez não tem safra, pois é uma mistura de vinhos de diversos anos. O último barril utilizado no processo normalmente tem uma parte (ainda que ínfima) do primeiro vinho que recebeu, normalmente há centenas de anos. Uma curiosidade: a cada ano só pode ser retirado 30% do vinho da soleira.



Os principais tipos de Jerez são:

Fino: o mais jovem, apresenta o fenômeno da flor, tem graduação alcoólica entre 15 a 18%.


Real Tesoro Fino: R$65,00

Manzanilla: é uma Denominação de origem: é o mais seco e delicado de todos, com15% a 19% de ácool.

La Guita Manzanilla R$89,00


Amontillado: 8 a 12 anos de envelhecimento, onde a flor é mantida por um determinado tempo e depois "morre".É um Jerez intermediário, com mais de 16% de álcool e passa anos na solera.

Oloroso: apresentam pouca ou nenhuma flor. Depois de fortificados e sem a proteção da flor os vinhos envelhecem por oxidação. São mais encorpados, com 17% a 22% de álcool.

Palo Cortado: mascla as características do Amontillado e Oloroso. Se desenvolve como um fino mas depois que a flor desaparece envelhece como um oloroso. Teor alcoólico: 15,5 a 22%.

Pedro Ximénes: o Jerez doce com até 450g/l de açúcar feito com a uva que leva o seu nome e com 15 a 22% de álcool. A dica é que essa bebida harmoniza com uma das comidas mais difíceis para harmonizar: o chocolate!



Vale a pena experimentar essa bebida espanhola que existe a milhares de anos com pratos como pata negra, jamón, confit de pato, foie gras e chocolates com Pedro Ximenes.

sexta-feira, 13 de março de 2015

Hotel Emiliano inaugura Adega de Champagnes




Ontem o hotel Emiliano, na região dos Jardins, em São Paulo, inaugurou ontem o Champagne Bar, uma adega somente de champagnes. A mais completa adega da bebida do país.

A adega conta com cerca de 340 garrafas, das mais famosas marcas de champagnes e não somente as que vemos no mercado brasileiro. O hotel dispõe de champagnes com safras antigas, difíceis de encontar no país.

Além disso, um menu foi criado especialmente para harmonizar com as champagnes desde o aperitivo até a sobremesa.

Para quem quiser conhecer e desfrutar de um champagne da adega, o hotel Emiliano fica na Rua Oscar Freire, 384 no bairro dos Jardins





quarta-feira, 11 de março de 2015

7 DICAS PARA COMPRAR UMA ADEGA CLIMATIZADA




Adegas climatizadas antigamente um item de luxo hoje presente na maioria das casas da classe média no Brasil. Seja com apenas 6 garrafas, mas lá estão elas fazendo parte da decoração do ambiente.

A adega climatizada não é um item essencial para quem tem espaço e condições favoráveis de luz e temperatura para armazenar o vinho, mas em um país com um clima como o do Brasil as vezes as adegas climatizadas são necessárias.

Quem sempre bebe vinho, gosta do tema, compra vinhos que devem esperar alguns anos para serem bebidos e não tem um local com as condições favoráveis para armazenar as garrafas é melhor adquirir uma adega climatizada, mas prepare o bolso, pois o céu é o limite no preço das adegas.

Aqui vão algumas dicas para adquirir uma adega:

1- Pense no seu consumo e quantidade de compras que faz de vinhos para assim definir o tamanho de sua adega. O ideal, mesmo para iniciante é comprar uma adega com mais de 20 garrafas, pois é garantido que depois que comprar a adega seu consumo de vinho irá aumentar. As mini-adegas são boas para quem bebe vinho ocasionalmente. Colecione vinhos e não mini-adegas, rs!

2- Veja o espaço disponível que tem em sua casa, tire medidas, planeje o local onde a adega será colocada, além da decoração. Hoje existem diversos tipos de adegas, feitas com caixas de madeira, as que parecem uma geladeira, etc

3- Compre uma adega que tenha garantia e assistência técnica na sua cidade. De preferência que atendam o chamado em 12 horas.

4- Preste atenção nas portas da adega, ela devem apresentar vidros que protejam dos raios UV. Assim, você não precisa guardar a adega em um quarto escuro e sim no ambiente que quiser.

5- Prefira as adegas que tenham alarme caso algo de errado aconteça, como porta aberta, pane de energia.

6- O mais importante: o sistema de refrigeração. Há dois tipos: por compressor e por troca de calor.
O sistema compressor é o da geladeira, prefira adegas com compressores de baixa vibração e silencioso.
Os de troca de calor, a adega diminui a temperatura interna em relação ao ambiente externo. Tome cuidado pois algumas  são desenvolvidas para climas temperados, onde as temperaturas não ultrapassam 25°C, o que não é o caso do Brasil.

7- Pense bem o que deseja pois uma adega climatizada não é barata, escolha o melhor custo-benefício para você pois será um investimento que estará fazendo para você e seus vinhos, claro!


segunda-feira, 9 de março de 2015

VINHOS NA NOVA NOVELA DA GLOBO!





Hoje começa a nova novela das 18h da Rede Globo, Sete Vidas. A novela tem como tema a doação protagonista o personagem Miguel descobrirá que é pai biológico de sete filhos fruto de uma doação de semên feita na adolescência.

Uma personagem interessará os amantes de vinho, ela se chama Virginia e é interpretada por Fernanda Rodrigues. Virginia, é uma arquiteta de família tradicional e rica que tem paixão por vinhos...a atriz disse que mergulhou de cabeça no tema e fez curso para interpretar a personagem.


Aguardaremos então a estréia da nova trama das 18h...


 

segunda-feira, 2 de março de 2015

O CORPO DO VINHO




Quando falamos das características de um certo vinho sempre ouvimos as palavras encorpado, corpo médio ou leve, essas características determinam  como o próprio nome diz o corpo do vinho, mas o que isso significa?

O "corpo" do vinho é a sensação de "peso" que o vinho apresenta na boca. Para exemplificar o que tem mais peso água ou leite? Com o vinho é assim, cada qual com o seu corpo.

O corpo do vinho está diretamente ligado ao seu teor alcoólico e com seu extrato (quantidade de material sólido diluído no vinho). As técnicas de vitivinificação como passagem por madeira também determinam o corpo do vinho.

Os vinhos tintos são geralmente mais encorpados que os brancos, para saber se um vinho é encorpado, leve ou de corpo médio, a dica é degustar diferentes tipos de vinhos e perceber na boca como seu peso varia de um vinho para o outro (não esqueça de usar o cuspidor).

É importante saber se um vinho é encorpado ou leve (também chamado de "fácil de beber") para harmonizar com comidas, a regrinha é: vinhos encorpados com pratos encorpados e vinhos leves com pratos leves.