sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Vinho e moda por Ricardo Bohn Gonçalves

Toda sexta-feira a RBG Vinhos manda para seus clientes uma newsletter sobre algum assunto relacionado ao mundo dos vinhos. Ricardo Bohn Gonçalves escreveu hoje sobre vinhos e moda e achei interessante colocar no blog. Confiram



Vinhos à moda de Coco Chanel

Quem diria? Mas vinho e moda de alguma forma parecem harmonizar. Nem que seja apenas do ponto de vista do negócio.

Recentemente (em outubro, se não me engano) os proprietários da francesíssima Maison Chanel compraram a vinícola St. Supéry, no Napa Vale, produtora dos vinhos Dollarhide e Rutherford, além de alguns outros bons Cabernet Sauvignon e Sauvignon Blanc. Não foi a primeira incursão da Maison no mundo do vinho. Na França, os dois irmãos que herdaram o negócio de Coco Chanel, Alain and Gérard Wertheimer, já possuem duas vinícolas em Bordeaux, o Château Rauzan-Ségla, que produz um Second Growth Margaux, e o Château Canon, que faz um reconhecido Saint Émilion. O valor do negócio não foi revelado, mas Alain e Gérard estão entre os 6 homens mais ricos da França e a idéia da dupla com certeza não é empobrecer comprando vinícolas, certo?

marcchagall.jpg

E não são só eles. Outras marcas ligadas à moda também andam incluindo vinícolas no seu portfólio.

A família Ferragamo, na Itália, comprou a Il Borro, na Toscana, em 1993. Transformou a propriedade num Relais&Château e desde 2007 produz alguns  rótulos de vinhos, incluindo um Shyraz, que talvez seja o vinho italiano com essa uva de mais grife ..........................

il-borro.jpg

E os Bulgari, pai e filho, que desde 2004 são proprietários da Podernuovo , onde produzem três tintos especiais -- Therra, Argirio e Sotirio, um puro Sangiovese, no sul da Toscana.

poder-nuvo-bulgari.jpg  

Mas nada mais emblemático nesse assunto moda e vinho do que a LVMH. A começar pela sigla que une os nomes das duas empresas que formaram o grupo, em 1987: Moêt Hennessy e Louis Vuitton. Um zoom rápido pelas marcas que estão debaixo do guarda-chuva do grupo e você vai encontrar, do lado 'moda': Christian Dior, Givenchy,  Guerlain, Donna Karan, Fendi, Celine, Kenzo e Marc Jacobs

Do lado 'vinhos', aparecem ícones como os tops Château d'Yquem, de Sauternes e Chateau Cheval Blanc, de Saint Emilion, entre outros.

E no capítulo Champagne, outro show, com os melhores  do mundo, como Moët & Chandon, Dom Pérignon, Krug, Veuve Clicquot, La Grand Dame e Ruinart.

dom-perignon.jpg

A explicação? No site da LVMH, o espírito do grupo é definido como a reunião de “70 marcas todas excepcionais, cujos produtos combinam savoir-faire e tradição, sem deixarem de estar firmemente ancorados na modernidade”.

Bela harmonização!

 
Abraços e bom final de semana 


Ricardo
 
PS- Quem quiser receber a newsletter entra no site www.rbgvinhos.com.br e cadastre seu email! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário